Seguro-desemprego pode pagar parcelas de até R$ 1.900 este ano; veja como calcular

© Shutterstock

Com aumento do salário mínimo vários benefícios tiveram reajuste em 2021 e o seguro desemprego é um deles. Acompanhando a correção já anunciada do salário e das aposentadorias. Com isso, o valor máximo das parcelas pagas pelo benefício passa a ser de R$ 1.911,84.

>>Saiba como ficam os valores das contribuições do INSS em 2021

O novo teto teve o acréscimo d R4 98,81 em relação ao ano passado, quando a parcela máxima era de  R$ 1.813,03. Contudo, para ter direito a ele, o trabalhador precisa contabilizar salário médio de R$ 2.811,60 ou mais.

O reajuste do seguro-desemprego é com base no do Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC) de 2020, que ficou em 5,45%. Ele serve de base para a correção anual do salário mínimo e demais benefícios pagos pelo governo.

A partir deste ano, nenhum trabalhador poderá acima de R$ 1.911,84.  A menor parcela segue sendo de um salário mínimo, atualmente em R$ 1.100,00.

>>BPC-Loas está com novos critérios para concessão no INSS; veja quais são

Vale frisar que o  cálculo do seguro-desemprego considera, em geral, a média dos últimos três últimos salários do trabalhador. O reajuste também inclui os segurados que estão recebendo o benefício desde o ano passado, tanto os que recebem a parcela mínima quanto os que ganham o teto.

>>Contribuição do MEI para o INSS sofre aumento; veja valores em 2021

Como calcular o seguro-desemprego?

Para saber qual será o valor da parcela de cada segurado, é necessário calcular o salário médio do trabalhador. Em seguida, basta consultar a tabela abaixo:

Faixas de salário médio Valor da parcela
Até R$ 1.686,79 Multiplicar o salário médio por 0,8
R$ 1.686,80 até R$ 2.811,60 Multiplicar o que exceder R$ 1.686,79 por 0,5 e somar com R$ 1.349,43
Acima de R$ 2.811,60 Parcela fixa em R$ 1.911,84

Quem pode solicitar?

A solicitação do seguro é feita principalmente por aqueles que foram demitidos sem justa causa. Para isso é necessário trabalhar em regime CLT o que significa estar vinculado a carteira de trabalho. Entretanto, há ainda outras formas de ter acesso ao benefício.

>>Trabalhador em sistema de ‘home office’ poderá receber auxílio financeiro; entenda

Os pescadores em período defeso ou os brasileiros encontrados em regime de trabalho similar a escravidão também possui o direito de ser contemplados com o auxílio.

Documentos necessários para dar entrada no seguro-desemprego

  • Guias do seguro-desemprego;
  • Cartão do PIS-Pasep, extrato atualizado ou Cartão do Cidadão;
  • Carteira de Trabalho e Previdência Social – CTPS (verificar todas que o requerente possuir);
  • Termo de Rescisão do Contrato de Trabalho – TRCT devidamente quitado;
  • Documentos de Identificação: Carteira de identidade; Certidão de nascimento; Certidão de casamento com o protocolo de requerimento da identidade (somente para recepção); Carteira nacional de habilitação (modelo novo); Carteira de trabalho (modelo novo); Passaporte ou certificado de reservista;
  • Três últimos contracheques, dos três meses anteriores ao mês de demissão;
  • Documento de levantamento dos depósitos do FGTS (CPFGTS) ou extrato dos depósitos ou relatório da fiscalização ou documento judicial (Certidão das Comissões de Conciliação Prévia / Núcleos Intersindicais / Sentença / Certidão da Justiça);
  • Comprovante de residência;
  • Comprovante de escolaridade.

Ainda em virtude da pandemia, a solicitação vem sendo realizada online, por meio do aplicativo daCarteira de Trabalho Digital. Para se conectar, basta informar os dados de identificação pessoal, como o número do CPF e nome completo.

>>Caixa libera saque de último auxílio emergencial a 3,6 milhões

A CAIXA atua como Agente Pagador do Seguro-Desemprego, cujos recursos são custeados pelo FAT, nos termos da Lei nº 7.998, de 11 de janeiro de 1990.

  • Trabalhador formal e doméstico, em virtude da dispensa sem justa causa, inclusive dispensa indireta;
  • Trabalhador formal com contrato de trabalho suspenso em virtude de participação em curso ou programa de qualificação profissional oferecido pelo empregador;
  • Pescador profissional durante o período do defeso;
  • Trabalhador resgatado da condição semelhante à de escravo.

>>Caixa paga auxílio para 3,2 milhões de nascidos em novembro

  1. Solicite o benefício

    O trabalhador solicita o benefício nas SRTE – Superintendências Regionais do Trabalho e Emprego, SINE – Sistema Nacional de Emprego e outros postos credenciados pelo ME – Ministério da Economia, ou :

    • Portal Gov.br.
    • Aplicativo Carteira de Trabalho Digital, nas versões Android ou iOS.
    • Presencial: Nas unidades das Superintendências Regionais do Trabalho. (O agendamento do atendimento presencial deverá ser feito pela central 158.

    >>Caixa paga auxílio para 3,2 milhões de nascidos em novembro

    Atenção: O trabalhador doméstico somente poderá solicitar o seguro-desemprego nas unidades das Superintendências Regionais do Trabalho.

  2. Verifique as condições

    ​​​Verifique se você se enquadra nas condições​ necessárias para ​​receber ​a assistência financeira temporária.​​

  3. Retire

    O benefício será creditado automaticamente na conta informada quando do requerimento.

    O crédito para outras instituições financeiras ocorrerá por meio de Transferência Eletrônica de Valores – TED, de acordo com a data de início da validade da parcela, exceto aquelas previstas para dias não úteis, as quais são efetivadas no dia útil seguinte.

    Se você não tiver indicado conta para crédito do benefício quando do requerimento do benefício, será selecionada conta CAIXA de forma automática, desde que a conta seja individual. Na impossibilidade de efetuar o crédito em conta, o benefício será disponibilizado para pagamento nos canais, quais sejam: Unidade Lotérica, Correspondente Caixa Aqui, no Autoatendimento da Caixa, mediante uso do Cartão do Cidadão, com senha cadastrada, ou ainda nas Agências da Caixa.

    >>Bolsa Família, Renda Brasil ou auxílio: qual desses permanece em 2021?

    A CAIXA não fará seleção automática de conta corrente, caso você não tenha indicado conta.

PODE LHE INTERESSAR