Saque-aniversário do FGTS pode ser antecipado com parcela de até R$ 2.900

Saque-aniversário do FGTS pode ser antecipado com parcela de até R$ 2.900
Saque-aniversário do FGTS pode ser antecipado com parcela de até R$ 2.900

Saque-aniversário do FGTS pode ser antecipado com parcela de até R$ 2.900.

O Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS) possui uma modalidade de resgate que permite a retirada de parte do saldo acumulado no fundo conforme o mês de nascimento do trabalhador/beneficiário. Estamos falando do saque-aniversário do FGTS.

>>Descubra se você tem direito à correção monetária do FGTS

O período de retirada do benefício tem início no primeiro dia útil do mês de aniversário e vai até o último dia útil do segundo mês subsequente ao da liberação. Casos em que o trabalhador não saca o dinheiro até a data limite, o valor é retornado automaticamente para a conta vinculada do FGTS.

Valores do saque-aniversário do FGTS

O valor do saque-aniversário liberado todos os anos leva em consideração o saldo total acumulado no fundo. Atualmente, há sete faixas de pagamento. Em algumas, adiciona-se parcela fixa, que pode chegar a R$ 2,9 mil.

>>Descubra como ter acesso ao dinheiro do FGTS ainda em 2021

Veja a seguir:

Saque-aniversário do FGTS pode ser antecipado com parcela de até R$ 2.900

Antecipação do saque-aniversário

Quem deseja adiantar algumas parcelas a receber pelo saque-aniversário pode recorrer a empréstimos oferecidos por diferentes bancos. Um deles é a Caixa Econômica Federal, que permite o trabalhador adiantar até três anos do saque-aniversário de uma só vez.

>>Veja como é possível antecipar saque em dinheiro do FGTS

Pela antecipação, é cobrada uma taxa de juros de 1,09% ao mês. O serviço pode ser solicitado inclusive por quem não é correntista da estatal. A oferta é ideal para quem precisa de dinheiro rápido e quer contratar uma linha de crédito.

Dos requisitos exigidos para a solicitação, têm-se:

  • Possuir saldo de FGTS suficiente para a antecipação, dentro dos valores mínimos para contratação;
  • Estar com o CPF em situação regular na Receita Federal;
  • Possuir conta corrente ou poupança na Caixa (exceto Poupança Social Digital e Poupança Caixa Fácil);
  • Ser optante pelo saque-aniversário FGTS e autorizar a Caixa a consultar informações do seu FGTS;
  • Estar adimplente com a Caixa ou utilizar recurso do crédito para quitação da dívida;
  • Ser maior de 18 anos ou emancipado.

Fonte: Capitalist

PODE LHE INTERESSAR