Quais são as propriedades e benefícios do óleo de canola?

Quais são as propriedades e benefícios do óleo de canola?
Quais são as propriedades e benefícios do óleo de canola? © Freepik

Quais são as propriedades e benefícios do óleo de canola?

A canola é conhecida como uma planta onde se obtém o famoso extrato oleoso. O óleo de colza está intimamente relacionado, mas não é exatamente o mesmo. Esta planta tem cerca de um metro de comprimento e após a floração apresenta uma bela cor amarela. Após sua reprodução, formam-se as vagens, que contêm as sementes que darão origem à perpetuidade da espécie.

A planta é conhecida mundialmente pelo óleo de canola, com propriedades e benefícios para a pele, os cabelos e a saúde. Muitas pessoas se perguntam se é bom ou ruim e também de onde vem. Neste artigo, vamos contar a você absolutamente todos os detalhes. Mas primeiro vamos continuar falando um pouco mais sobre a planta. A espécie “canola” vem das brássicas, uma família que inclui alguns alimentos como repolho ou brócolis. As flores têm uma aparência cruzada e, como já dissemos, são amarelas.

+Aprenda como preparar uma máscara facial de óleo de coco e bicarbonato de sódio

Para que serve o óleo de canola? Todas as suas propriedades

Existem vários usos, propriedades e benefícios que são atribuídos a este óleo produzido a partir de uma modificação da colza. Entre eles estão os usos para a pele, cabelo ou na cozinha.

Para o cabelo

O cabelo é uma das partes do nosso corpo que é, sem dúvida, mais afetada pelas inclemências do meio ambiente. Ele protege nossa cabeça, mas queremos tê-lo bonito e sedoso. Como fonte de hidratação para o cabelo, alguns especialistas recomendam o óleo de canola, pois suas gorduras saudáveis ​​proporcionam a suavidade e a hidratação de que você precisa. Ele também adiciona suavidade com vitamina E e mantém você jovem e forte. No entanto, a partir daqui recomendamos o argão, muito mais saudável.

Para a pele

A pele seca é a que melhor reage à aplicação de óleos. A canola é uma opção, mas não é das melhores. Além disso, tudo depende da sua pele. Por exemplo, se você tem muito sensível, não pense mais nisso, aquele com amêndoas doces é muito melhor para cuidar. Se você está procurando por rejuvenescimento, tanto a rosa mosqueta quanto o argão são outra fonte de vitaminas, minerais e gorduras saudáveis.

+Óleo de coentro, usos e benefícios que você vai adorar!

Para fritar e na comida

Muitos vêm nos perguntar se o óleo de canola é adequado para fritar. Mais tarde você verá que é diferente da colza, então a princípio não há problema. Claro, se você tiver a oportunidade de escolher a azeitona para sua dieta diária, não há mais o que falar. Foi demonstrado em inúmeras pesquisas científicas sérias que os benefícios são muito maiores. A propriedade preventiva das doenças cardíacas é muito maior. Outras qualidades:

Grandes quantidades de gorduras monoinsaturadas. Eles são responsáveis ​​por reduzir a concentração de LDL ou colesterol ruim.

Contém ômega 3 e ômega 6.

Rico em vitaminas para prevenir a oxidação celular.

Poucas gorduras saturadas. São estes que podemos sintetizar e a sua importância na alimentação é menor.

É essencial para a estrutura membranosa de nossas células, para a absorção de alguns tipos de vitaminas e para criar a estrutura de alguns hormônios.

+5 óleos essenciais para cabelos cacheados

É bom ou ruim para sua saúde?

Aqui se dá o eterno debate depois do que aconteceu com o caso da “colza” na Espanha. Há quem afirme que o óleo de canola é um bom extrato oleoso com excelentes benefícios para o nosso organismo e que devido à sua composição em ácidos graxos insaturados e poliinsaturados deve estar presente em nossa dieta alimentar. No entanto, o lado mais relutante defende logicamente o azeite como o único e mais saudável para o coração.

É por isso que a dieta mediterrânea não o aconselha como um consumo regular, mas é a azeitona sem dúvida a que possui as melhores propriedades.. Um ponto a favor é que não existem gorduras trans (as boas são cis). Algumas organizações europeias aprovaram óleos de canola como um alimento para reduzir acidentes cardiovasculares, além de conter vitaminas antioxidantes, como tocoferol e vários ácidos graxos ômega 3, ômega 6, etc. Se você está pensando em iniciar apenas um tratamento com o óleo, é claro que a primeira coisa que deve fazer é consultar o seu médico.

+Quatro máscaras naturais para pele oleosa que você pode fazer em casa

De onde vem o óleo de canola, o que é?

A obtenção é das sementes, que primeiro devem ser trituradas, então é preciso esperar que se reproduzam. Na verdade, não é apenas óleo de canola, mas qualquer óleo como amêndoa doce, argan, mamona ou azeite de oliva vem das sementes ou da fruta, onde os ácidos graxos insaturados e outros nutrientes estão concentrados. Quase metade da composição da canola é óleo, a concentração é muito maior até do que a da soja.

Eles guardam uma certa semelhança com os da papoula, porém a cor é um pouco mais escura. Depois de triturados, a parte restante é usada como ração animal. Há quem acredite que colza e canola são a mesma coisa, mas se enganam. Na realidade a origem é a mesma, mas por domesticação e técnicas científicas o óleo de colza, com componentes tóxicos, foi purificado e dessa modificação surge o óleo de canola. Ou seja, é o mesmo, mas sem os compostos “ruins” para a saúde.

Contra-indicações e efeitos colaterais

Apesar dessas propriedades atribuídas por alguns, há países em que a venda de óleo de canola para consumo humano é totalmente proibida devido às contra – indicações e aos efeitos colaterais que podem causar. Um exemplo seria o caso de mulheres grávidas e bebês. Foi demonstrado que o ácido erúcico presente causa problemas cardíacos em bebês, pois o coração está subdesenvolvido. Outra contra-indicação é a possível alteração das rotas metabólicas pelos produtos usados ​​na extração. A chave é que ele não contém ácido erúcico, que causou tantos problemas na Espanha em 1981. Cuidado, evitando efeitos colaterais.

+Tratamento com argila e óleo de coco para revitalizar os cabelos

Onde comprar e a que preço?

Tanto no Chile, quanto na Espanha ou na Argentina, você o encontrará em várias lojas especializadas ou em lojas online de alimentos. Os preços não são muito altos. Na verdade, é muito mais barato do que a azeitona. Existem várias marcas, como Krol, Wesson ou Life.

PODE LHE INTERESSAR