Programa habitacional do Governo Federal entrega milhares de moradias novas

Programa habitacional do Governo Federal entrega milhares de moradias novas
Programa habitacional do Governo Federal entrega milhares de moradias novas – Foto: Governo do Estado de São Paulo

Programa habitacional do Governo Federal entrega milhares de moradias novas.

Nesta sexta-feira (04/09), famílias de São Paulo receberam moradias do programa de habitacional do Governo Federal. Foram entregues 1.052 unidades em três conjuntos, beneficiando 4,2 mil pessoas de baixa renda.

Casa Verde Amarela: tabela mostra como será a divisão de grupos de beneficiários

O Governo Federal investiu mais de R$ 186 milhões nos empreendimentos, sendo cerca de R$ 60 milhões disponibilizados desde o ano passado. Os imóveis estão localizados nos bairros de Jardim São Luís e Guaianases, na grande São Paulo, e no município de Praia Grande.

Em cerimônia, o ministro do Desenvolvimento Regional, Rogério Marinho, fez a entrega das moradias no conjunto habitacional Guido Caloi, localizado no bairro Jardim São Luís.

Governo lança o Casa Verde e Amarela, programa que vai reformular o Minha Casa Minha Vida

“São conjuntos habitacionais que vão servir à população que precisa ter uma habitação digna. Mais uma demonstração de que o nosso Presidente Bolsonaro, esse governo, o Governo Federal, tem feito todos os esforços para não deixar que obras importantes, essenciais para o bem-estar da população, sejam descontinuadas”, disse o ministro.

“O dinheiro é da população brasileira e é assim que temos nos comportado, finalizando obras que estão inacabadas, iniciando obras na medida em que há a possibilidade, a necessidade e a conveniência do estado e da população. E tendo responsabilidade com o recurso público. Habitação para nós é cidadania e cidadania se exerce no dia a dia, tratando bem o dinheiro público”, afirmou Marinho.

Novo Minha Casa Minha Vida já tem previsão para ser lançado

Moradias entregues

A cerimônia de entrega ocorreu no Jardim São Luís, na zona Sul de São Paulo, onde o ministro repassou as primeiras 600 unidades habitacionais de um total de mil previstas no Conjunto Habitacional Guido Caloi. A obra recebeu R$ 96 milhões em investimentos federais, sendo R$ 35,2 milhões pagos a partir de 2019. O empreendimento vai abrigar famílias removidas em função da canalização do córrego Ponte Baixa.

Caixa poderá renegociar dívidas do novo Minha Casa Minha Vida (Casa Verde Amarela)

No evento, Rogério Marinho fez a entrega simbólica das moradias dos outros dois conjuntos habitacionais. Famílias que vivam em área de risco passaram a ter a moradia própria no Residencial São Carlos, em Guaianases, na zona Leste. Foram entregues 300 unidades habitacionais. Em breve, mais 300 estarão prontas. O investimento federal foi de R$ 75,6 milhões.

Outros R$ 14,4 milhões foram empregados na construção de 152 unidade habitacionais no município de Praia Grande (SP). As moradias estão no Conjunto Habitacional Vitória I. Os apartamentos estão divididos em cinco blocos de cinco andares, com todas as unidades adaptáveis a pessoas com deficiência.

Conheça as novas regras do Minha Casa, Minha Vida; inscritos do Bolsa Família têm direito

Os empreendimentos contam com redes de água, esgoto, drenagem, energia elétrica e iluminação pública, além de pavimentação e urbanização.

Investimentos em habitação popular

O Ministério do Desenvolvimento Regional investiu mais de R$ 1,18 bilhão do orçamento da União no programa de habitação popular este ano. Do total, R$ 912 milhões foram destinados à continuidade de obras de moradias para atender beneficiários da Faixa 1, que compreende grupos familiares com renda mensal de até R$ 1,8 mil

Veja quem pode solicitar pausa no financiamento do Minha Casa Minha Vida

No mês de agosto, o Governo Federal lançou o Programa Casa Verde e Amarela que vai atender cerca de 1,6 milhão de famílias de baixa renda com financiamento habitacional até 2024. O programa conta com taxas de juros mais baixas e ampliação da regularização fundiária no País para garantir moradia digna à população.

PODE LHE INTERESSAR