Posso beber café descafeinado durante a gravidez?

Posso beber café descafeinado durante a gravidez?
Posso beber café descafeinado durante a gravidez? ©Shutterstock

Posso beber café descafeinado durante a gravidez?

Você provavelmente já ouviu falar que certos líquidos não devem ser ingeridos durante a gravidez. O que é verdade aqui? A seguir, vamos explicar se você pode consumir café descafeinado durante a gravidez, para que você saiba o que a ciência diz sobre isso.

O café é uma das bebidas mais consumidas e apreciadas no mundo. Destaca-se pelo seu conteúdo em um alcalóide, a cafeína, que afeta o funcionamento do sistema nervoso. Especula-se que esta substância pode induzir um aborto ou parto prematuro. No entanto, e quanto à sua versão descafeinada?

+Utilize o vinagre branco para saúde e limpeza doméstica

Café descafeinado e sua segurança durante a gravidez

O café descafeinado tem o alcalóide da cafeína removido de sua composição. Por isso apresenta todos os seus nutrientes, exceto esta substância com propriedades excitantes.

Como mencionamos na introdução, é a cafeína que pode ser prejudicial ao feto. Depois de retirado, não há razão para restringir a ingestão de café durante a gravidez.

No entanto, para que o consumo de cafeína seja um risco, eles precisam ser em altas doses. Uma investigação publicada no European Journal of Nutrition observou um aumento do risco de aborto espontâneo com a contribuição de 4 xícaras por dia.

+Posso comer carboidratos em uma dieta para perder peso?

Benefícios do café descafeinado

Mas, além de não ser contraproducente, a ingestão regular de café descafeinado durante a gravidez pode produzir alguns benefícios à saúde. Essa bebida possui fitonutrientes com capacidade antioxidante em sua composição. Essas substâncias têm se mostrado capazes de retardar o envelhecimento, evitando danos às células.

Paralelamente, os flavonóides contidos no café são úteis no combate ao desenvolvimento de doenças neurodegenerativas. Um estudo publicado no International Journal of Molecular Sciences associou o consumo desses compostos à redução da incidência de Alzheimer e de alguns tipos de esclerose.

Assim, o consumo regular desta bebida é recomendado para prevenir doenças complexas que podem condicionar o estado de saúde. Se estiver grávida, opte sempre pela versão descafeinada para reduzir riscos desnecessários.

+Tratamento com argila e óleo de coco para revitalizar os cabelos

Uma bebida que suprime o apetite

Antes de concluir, queremos fazer uma menção especial a uma propriedade do café descafeinado. Essa bebida tem um caráter anorexígeno, ou seja, ajuda a suprimir o apetite.

Por esse motivo, costuma ser utilizado em regime de jejum intermitente para manter o período de restrição alimentar de forma mais suportável. No caso de gestantes, esta propriedade pode ser utilizada quando o ganho de peso for maior que o recomendado.

Isso pode ser causado por um desequilíbrio hormonal que leva a mulher a consumir mais energia do que precisa. Uma dieta mal planejada, rica em alimentos ultraprocessados, também favorece a formação de tecido adiposo subcutâneo.

+Aprenda essas três receitas com alecrim para cuidar do seu cabelo

Por esse motivo, incluir café descafeinado nos lanches ou entre as refeições induz uma redução do apetite que diminui a sensação de desejo alimentar, de acordo com uma revisão do International Journal of Food Sciences and Nutrition. Desta forma, será mais fácil para a gestante um ganho de peso proporcional ao seu estado, porém saudável.

Lembre-se que a obesidade é um fator de risco para a saúde da mãe e do bebê. Já foi sugerido que a dieta da mulher durante a gravidez pode influenciar significativamente a saúde da criança durante os primeiros estágios de sua vida.

+Alimentos extraordinários que são tão hidratantes quanto um copo d’água

Café descafeinado na gravidez: permitido e recomendado

Como você viu, o café descafeinado é uma opção saudável para incluir na dieta habitual, mesmo na de gestantes. Além de usufruir das qualidades organolépticas desta bebida, o seu consumo regular proporcionará suporte para a melhoria do nível de saúde.

Além de não ter efeitos nocivos para o feto, o café descafeinado possui uma série de nutrientes que reduzem o risco de desenvolver doenças relacionadas ao envelhecimento. Um exemplo deles é o tipo neurodegenerativo, mas mesmo o efeito protetor também se estende ao sistema cardiovascular.

+Recupere suas roupas desbotadas com apenas dois ingredientes

Por esse motivo, recomendamos consumir café descafeinado se estiver grávida. Agora, evite adicionar açúcar a ele. Este ingrediente não lhe fará nenhum bem e ajudará a construir resistência à insulina, o que aumenta o risco de diabetes gestacional.

Mas se você tiver mais dúvidas sobre isso, consulte um profissional de nutrição. Não se esqueça que propor uma alimentação saudável e balanceada é a melhor forma de garantir o correto estado de saúde do bebê que cresce dentro de você. Então, o café descafeinado pode fazer parte dessa dieta com segurança.

PODE LHE INTERESSAR