Polícia Federal combate fraudes ao auxílio emergencial em oito estados

Foto: reprodução

Na manhã desta quinta-feira (4), a Polícia Federal (PF) deflagrou a operação ” Quarta Parcela”, com objetivo de combater fraudes ao auxílio emergencial.

>>Governo vai antecipar pagamento do BPC e liberar empréstimo para mais de 23 mil neste Estado

De acordo com as informações divulgadas pela PF, cerca de 100 policiais federais cumprem 28 mandados de busca e apreensão e sete mandados de sequestro de bens, nos estados do Amazonas, Bahia, Goiás, Mato Grosso, Paraná, Rondônia, Maranhão e São Paulo.

>>IR: quem recebeu mais de R$ 22,8 mil terá de devolver auxílio emergencial

Ainda segundo a PF, por determinação judicial, mais de R$ 170 mil foram bloqueados. “Os objetivos da atuação conjunta e estratégica são a identificação de fraudes massivas e a desarticulação de organizações criminosas que atuam causando prejuízos ao programa assistencial e, por consequência, atingindo a parcela da população que necessita desses valores”, informou a Polícia Federal.

>>Governo vai antecipar pagamento do BPC e liberar empréstimo para mais de 23 mil neste Estado

Além da PF, participam dessa operação o Ministério Público Federal, Ministério da Cidadania, a Caixa, Receita Federal, Controladoria-Geral da União e o Tribunal de Contas da União.

Sobre o Auxílio Emergencial

O Auxílio Emergencial é um benefício financeiro concedido pelo Governo Federal destinado aos trabalhadores informais, microempreendedores individuais (MEI), autônomos e desempregados, e tem por objetivo fornecer proteção emergencial no período de enfrentamento à crise causada pela pandemia do Coronavírus – Covid- 19.

>>Abertas mais de 8 mil vagas em cursos de qualificação profissional

A Caixa Econômica Federal atua como agente operador desse benefício e a origem dos recursos para pagamento é do Governo Federal, por intermédio do Ministério da Cidadania.

PODE LHE INTERESSAR