Polícia Federal apura fraudes em auxílio e ameaças ao presidente da Caixa

Polícia Federal apura fraudes em auxílio e ameaças ao presidente da Caixa
Polícia Federal apura fraudes em auxílio e ameaças ao presidente da Caixa. Foto: Jorge William / Agência O Globo

Polícia Federal apura fraudes em auxílio e ameaças ao presidente da Caixa

A Polícia Federal deflagrou hoje uma operação que investiga fraudes no recebimento do auxílio emergencial. De acordo com a corporação, o suspeito que é alvo da ação também ameaçou e divulgou dados pessoais do presidente da Caixa Econômica Federal, Pedro Guimarães, e de seus familiares.

+Maia fala sobre prorrogação e novo valor do Auxílio Emergencial

+Nota de R$ 200 começa a circular nesta quarta, garante Banco Central

A operação foi batizada de Falso Samaritano. Segundo a PF, durante as investigações, foi identificado que o suspeito usava dados das vítimas para se cadastrar nos aplicativos dos auxílios emergenciais do governo e, assim, receber o dinheiro em benefício próprio.

+Para Guedes, prorrogação do auxílio é última camada de proteção social

+Serasa Limpa Nome prorroga prazo para quitar dívidas por R$ 100

Ainda segundo a corporação, as ameaças a Guimarães ocorreram depois que ele alertou a população sobre a existência de golpes e declarou que iria intensificar a ação dos fraudadores.

Estão sendo apurados s crimes de estelionato, ameaça e divulgação de dados sigilosos.

+Tá liberado! Veja quem pode sacar dinheiro do Auxílio Emergencial hoje

+Auxílio Emergencial terá mais quatro parcelas de R$ 300, confirma Bolsonaro

Fonte: Uol

PODE LHE INTERESSAR