PIS/Pasep 2020/2021 : saiba como consultar o benefício pela internet

Pagamento do PIS/Pasep 2019-2020 para o mês de outubro vai ser liberado - calendário
Foto: Charles Fábion / N1

O pagamento do abono salarial do PIS/Pasep 2020/2021 continua a ser feito neste ano, seguindo o calendário que já foi divulgado prevendo a liberação do benefício até o mês de junho. Para quem tem direito ao valor, o primeiro saque em 2021 estará disponível a partir da próxima terça-feira (19).

>>Medida que extingue PIS-Pasep e libera FGTS é aprovada com mudanças

Vale lembrar que o abono salarial é pago anualmente aos trabalhadores que se enquadram nos requisitos (ter trabalhado formalmente ao menos 30 dias no ano-base e recebido até 2 salários mínimos mensais, em média, entre outras exigências), e o valor é proporcional ao tempo de serviço, podendo chegar a até um salário mínimo.

O Programa de Integração Social (PIS) é pago aos trabalhadores da iniciativa privada e pago pela Caixa Econômica Federal, enquanto o Programa de Formação do Patrimônio do Servidor Público (Pasep) é destinado aos servidores públicos e administrado pelo Banco do Brasil.

Os trabalhadores que ainda não recebeu o abono salarial 2020/2021 ou tem dúvidas a respeito pode consultar a disponibilidade e os valores pela internet, seguindo as dicas abaixo.

>>PIS/Pasep: projetos propõe mudanças nas datas de pagamento do abono salarial

Quem pode receber o PIS/PASEP?

Todos  os brasileiros que trabalharam por pelo menos 30 dias, com carteira assinada, no ano de 2019 poderão receber o abono salarial.

Além disso, o ganho deve ter sido de no máximo dois salários mínimos por mês, durante o período em exercício.

Para ter direito ao abono, é necessário também que o trabalhador esteja inscrito no PIS há pelo menos cinco anos e a empresa deve ter informado os dados do empregado de forma correta ao governo brasileiro.

PIS/Pasep: projetos propõe mudanças nas datas de pagamento do abono salarial

Qual o valor?

O valor do abono a ser pago ao trabalhador varia de acordo com o tempo de trabalho indo de R$91 para R$1.100, que é o novo piso do salário mínimo neste ano de 2021.

Qual valor?

A quantia que cada trabalhador tem para receber é proporcional ao número de meses trabalhados formalmente em 2019. e vai variar de R$ 91 (para quem trabalhou por um mês) a R$ 1.100 (para quem trabalhou por todos os 12 meses), conforme a proporção do salário mínimo vigente na data do pagamento.

Meses trabalhados x valor a receber

  • 1 mês – R$ 91
  • 2 meses – R$ 182
  • 3 meses – R$ 273
  • 4 meses – R$ 364
  • 5 meses – R$ 455
  • 6 meses – R$ 546
  • 7 meses – R$ 637
  • 8 meses – R$ 728
  • 9 meses – R$ 819
  • 10 meses – R$ 910
  • 11 meses – R$ 1001
  • 12 meses – R$ 1.100

Renda Brasil: abono salarial do PIS pode deixar de existir para ampliar o Bolsa Família?

Confira abaixo os calendários PIS/PASEP

O calendário de pagamento é definido de acordo com o mês de nascimento dos trabalhadores para o PIS.

Já para os Pasep (servidores públicos), o calendário é elaborado seguindo o final do seu número de inscrição.

Novo pagamento de até R$ 1.045 do PIS/Pasep: calendário e quem recebe

Consultar abono salarial pela internet?

Para verificar as informações sobre o PIS pela internet, é simples para isso basta acessar o site de consulta de pagamentos da Caixa. Ao abrir a pagina, você deve informar o seu CPF, o Número de Identificação Social (NIS) ou o e-mail e a senha.

Caso estiver usando o sistema pela primeira vez, será preciso efetuar um cadastro rápido, clicando na opção “Cadastrar/Esqueci Senha”.

Feito o login, vá à opção “PIS”, no menu, e clique em “Consulta a Pagamento”. Em seguida, você verá na tela as informações sobre o seu benefício, que também podem ser consultadas no app Caixa Trabalhador.

Para os funcionários públicos consultar o Pasep online, basta acessar o site do Banco do Brasil. Feito isso, basta digitar o número do PIS/Pasep ou o CPF, informar a data de nascimento, marcar a caixa de seleção “Não sou um robô” e clicar em “Confirmar”.

PODE LHE INTERESSAR