PIS-Pasep 2020-2021: começa a pagar abono salarial para nascidos em novembro

PIS-Pasep 2020-2021: começa a pagar abono salarial para nascidos em novembro
PIS-Pasep 2020-2021: começa a pagar abono salarial para nascidos em novembro. © Omar Freitas / Agencia RBS

PIS-Pasep 2020-2021: começa a pagar abono salarial para nascidos em novembro

O abono salarial PIS-Pasep 2020-2021 começa a ser pago nesta terça-feira (17) para os trabalhadores com direito ao benefício nascidos em novembro (PIS) ou com benefício final 4 (Pasep). As datas valem para trabalhadores que não forem correntistas da Caixa ou do BB – no caso desses últimos, o dinheiro já foi creditado diretamente em conta.

+Ainda posso sacar o PIS/Pasep neste ano? Veja os prazos

+BPC, PIS/PASEP e seguro desemprego têm reajuste com novo salário mínimo

O PIS é destinado aos trabalhadores do setor privado e é pago na Caixa Econômica Federal. O Pasep é pago para servidores públicos por meio do Banco do Brasil.

Só no PIS, mais de 686 mil trabalhadores nascidos em novembro têm direito ao saque do benefício, totalizando R$ 530 milhões em recursos disponibilizados pelo banco. “Os valores podem ser sacados com o Cartão do Cidadão e senha nos terminais de autoatendimento, unidades lotéricas e nos Correspondentes Caixa Aqui, bem como nas agências”, informou o banco.

O calendário de saques se estenderá até 30 de junho de 2021 (veja os calendários mais abaixo). No caso do PIS (trabalhadores do setor privado), os pagamentos são feitos de acordo com o mês de nascimento do trabalhador. No Pasep (para servidores públicos), seguem o número final do benefício.

+MEI tem direito a PIS e FGTS? Veja quais são as suas vantagens

Calendário de pagamentos

Quem nasceu nos meses de julho a dezembro (PIS) ou tem número final de inscrição entre 0 e 4 (Pasep) receberá o benefício ainda no ano de 2020. Já os nascidos entre janeiro e junho e com número de inscrição entre 5 e 9 receberão no primeiro semestre de 2021. Em qualquer situação, o recurso ficará à disposição do trabalhador até 30 de junho de 2021, prazo final para o recebimento.

A Caixa vai disponibilizar cerca de R$ 15,8 bilhões para mais de 20,5 milhões de beneficiários do PIS até o final do calendário do exercício 2020/2021.

+FGTS, PIS, BEm e Auxílio emergencial: você pode receber até 3 desses benefícios

Fonte: G1

PODE LHE INTERESSAR