PIS 2020-2021: Caixa libera calendário do abono salarial ano base 2019

PIS 2020-2021: Caixa libera calendário do abono salarial ano base 2019
PIS 2020-2021: Caixa libera calendário do abono salarial ano base 2019

PIS 2020-2021: Caixa libera calendário do abono salarial ano base 2019.

O calendário de pagamento do Abono Salarial PIS 2020/2021 já foi divulgado pela Caixa Econômica Federal. É importante frisar que o início do  pagamento do benefício será antecipado para o dia 30 de junho.

Será nesse dia que os trabalhadores com direito ao valor e nascidos entre os meses julho e dezembro, poderão receber o pagamento do benefício automaticamente em suas contas na Caixa.

Veja também: Calendário PIS/Pasep 2020-2021 revela datas de pagamento

Valores

Cada trabalhador deverá receber valores que variam de R$ 88 a R$ 1.045. A quantia exata deverá ser definido observando a quantidade de dias trabalhados durante o ano-base 2019.

Os demais beneficiários poderão sacar com o Cartão do Cidadão e senha nos terminais de autoatendimento, unidades lotéricas, CAIXA Aqui ou agências, de acordo com o calendário de pagamento escalonado por mês de nascimento.

Leia também: Lista de pagamentos do 2º semestre de 2020: PIS/Pasep, FGTS e Auxílio

Confira o calendário do PIS 2020-2021 (ano base 2019):

PIS 2020-2021: Caixa libera novo calendário com datas antecipadas
PIS 2020-2021: Caixa libera novo calendário com datas antecipadas

Antecipação do final do calendário 2019/2020

O final do Calendário 2019/2020 do Abono Salarial PIS/PASEP foi antecipado  para 29 de maio, em atendimento a Resolução CODEFAT nº 857, de 01/04/2020. A alteração possibilitou o início do Calendário 2020/2021 já em 30 de junho de 2020, como mais uma medida para apaziguar os efeitos econômicos da pandemia do novo coronavírus. Em anos anteriores o calendário tinha início no final de julho.

Leia também: MP extingue Fundo PIS/Pasep e usa dinheiro para pagar FGTS

Durante o calendário o banco disponibilizou cerca de R$ 17 bilhões para 21,8 milhões trabalhadores. Até 30 de abril, mais de 19,6 milhões de trabalhadores haviam sacado o benefício, totalizando R$ 16,9 bilhões.

Os trabalhadores com direito a receber o benefício no calendário 2019/2020 que não realizaram o saque o dia 29 de junho, terão uma nova oportunidade de sacar os valores.

O Abono Salarial referente a esse calendário será liberado novamente no calendário 2020/2021, em atendimento à Resolução CODEFAT nº 838, de 24/09/2019.

Quem tem direito ao Abono Salarial 2020/2021

Tem direito ao benefício o trabalhador inscrito no PIS há pelo menos cinco anos e que tenha trabalhado formalmente por pelo menos 30 dias em 2019, com remuneração mensal média de até dois salários mínimos.

Veja também: Abono PIS-Pasep ainda será pago após MP extinguir Fundo PIS-Pasep?

Também é necessário que os dados tenham sido informados corretamente pelo empregador na Relação Anual de Informações Sociais (RAIS).

Recebem o Abono Salarial na CAIXA os trabalhadores vinculados a entidades e empresas privadas. As pessoas que trabalham no setor público possuem inscrição PASEP e recebem o benefício no Banco do Brasil.

PODE LHE INTERESSAR