Consulte o resultado do FIES 2021 seguindo este passo a passo

Reprodução

Na última quarta-feira (3), o Instituto de Pesquisas Anísio Teixeira (Inep) divulgou os resultados do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) 2021, no site do programa. De acordo com o cronograma, a lista de convocação deveria ter sido publicada na terça-feira (2).

>>Governo antecipa final do calendário de pagamento do PIS/Pasep 2020/2021

Para garantir o benefício, os candidatos que foram pré-aprovados devem complementar a sua inscrição entre os dias 3 e 5 de fevereiro de 2021. Interessados devem acessar o site do programa.  , clicar em conferir o resultado e inserir informações que ali for solicitadas para os próximos passos até visualizar o resultado.

Calendário do FIES 2021

A primeira seleção do ano para o Fundo de Financiamento Estudantil deve ser as datas abaixo, divulgadas no edital do programa:

  • Período de Inscrição: Entre 26 e 29 de janeiro.
  • Divulgação da lista de pré-selecionados: 2 de fevereiro.
  • Prazo para a Complementação da inscrição – pré-selecionados em chamada única: de 3 a 5 de fevereiro.
  • Convocação por meio de lista de espera: de 3 de fevereiro até o dia 18 de março.

Vale lembrar que o estudante que não for convocado na chamada única, estará automaticamente inscrito na lista de espera.

>>Saiba como conseguir até 40% de desconto em multas de trânsito

Sobre o Fies

O Fies, do Ministério da Educação, é um programa destinado a financiar, prioritariamente, estudantes de cursos de graduação não gratuitos. Ele estabelece um financiamento estudantil em diferentes modalidades, possibilitando juros zero a quem mais precisa e uma escala de financiamentos que varia conforme a renda familiar do candidato.

>>Prazo para renovação de contratos do Fies é prorrogado

Além de financiar um curso, o Fies ajuda o estudante a realizar o sonho de ter um diploma. É o caso de Evellyn Luchetta (foto/arquivo pessoal), de 20 anos, que atualmente cursa o quinto semestre de Jornalismo. “No segundo semestre, eu fui chamada na lista de espera e passei a ter cinquenta por cento do valor da minha mensalidade abatida pelo Fies. Isso mudou a minha vida, mudou a minha realidade. Sem o Fies, eu não conseguiria cursar um curso superior.”

>>Novo calendário do auxílio emergencial entrou em vigor; acompanhe

Como se inscrever no Fies:

– Para se inscrever no Fies, o primeiro passo é ter feito o Enem, o Exame Nacional do Ensino Médio, a partir da edição de 2010, e ter obtido média das notas nas provas igual ou superior a 450 pontos, além de nota superior a zero na redação;

– Também é necessário possuir renda familiar mensal bruta, por pessoa, de até três salários mínimos;

– Depois, é só acessar o site fies.mec.gov.br e clicar em “Minha Inscrição” e, em seguida, em “Fazer Cadastro”;

– Podem ser financiados pelo Fies somente os cursos disponíveis no sistema do Fies, observado o número de vagas ofertadas. A partir daí, o candidato pode escolher qualquer curso, entre aqueles disponíveis no grupo de preferência, de acordo com o perfil e interesse;

Cerca de 3,2 milhões de beneficiários recebem dinheiro do Auxílio Emergencial

– O candidato pode alterar o grupo de preferência e a opção de curso quantas vezes julgar pertinente, mas somente durante o período de inscrições. É considerada válida a última inscrição feita e confirmada pelo candidato;

– O candidato pode consultar o resultado no endereço eletrônico http://fiesselecaoaluno.mec.gov.br, e junto à instituição para a qual tenha se inscrito; e

– Os demais, não pré-selecionados, serão automaticamente incluídos em lista de espera.

PODE LHE INTERESSAR