Parcelas extras do auxílio podem ter mudanças no formato de pagamento

Parcelas extras do auxílio podem ter mudanças no formato de pagamento
Parcelas extras do auxílio podem ter mudanças no formato de pagamento © Shutterstock

Parcelas extras do auxílio podem ter mudanças no formato de pagamento.

O Governo Federal já confirmou o pagamento da quarta e quinta parcelas do Auxílio Emergencial em virtude do isolamento social e paralisação da economia em meio à pandemia do novo coronavírus.

Veja em qual lote do Auxílio Emergencial você vai receber seu dinheiro

É importante ressaltar que o valor do Auxílio Emergencial continua sendo R$ 600 pagos nas parcelas anteriores, porém com algumas diferenças na forma do recebimento do dinheiro.

Anteriormente, o beneficiário recebia o dinheiro de forma integral e como um único pagamento, dessa vez, as duas parcelas vão ser divididas em quatro pagamentos a serem feitos no decorrer de dois meses.

Bolsa Família e Cadastro Único: tudo sobre a 4ª e 5ª parcela do Auxílio Emergencial

Como funciona o pagamento do Auxílio Emergencial e quais serão as datas?

O pagamento das parcelas extras poderá ser dividido em quatro fases diferentes. De acordo com o ministro da Economia, Paulo Guedes, a primeira parcela será de R$ 500; a segunda, de R$ 100; a terceira, de R$ 300; e a quarta, de R$ 300.

Sendo assim, como nas parcelas anteriores, o Governo Federal dará prioridade às poupanças digitais, como os usuários do Aplicativo Caixa Tem, que é suporte tanto para saque do FGTS quanto recebimento do Auxílio Emergencial.

Quarta parcela do Auxílio Emergencial já tem data para iniciar pagamentos

Vale salientar que os beneficiários do Bolsa Família possuem calendário e meios de pagamento diferenciados em relação aos outros beneficiários. Para a modalidade, o pagamento do Auxílio Emergencial é realizado na mesma data de liberação do benefício mensal.

Projeto quer liberar internet gratuita para beneficiários do Bolsa Família e Auxílio Emergencial (CadÚnico)

Como vão funcionar os pagamentos da quarta e quinta parcelas do auxílio?

Os pagamentos, apesar de agora divididos em fases, vão seguir o mesmo procedimento dos pagamentos dos meses anteriores, que foram pagos integralmente no valor de 600 reais.

Os pagamentos são feitos primordialmente em poupanças digitais e só podem ser usados para pagamentos de boletos ou compras feitas na Internet, não podendo ser sacado como dinheiro físico.

Novo grupo de beneficiários começam a sacar dinheiro do Auxílio Emergencial

Apenas em uma segunda data o dinheiro fica disponível para saque e pode ser usado da maneira que o beneficiário desejar.

Governo Federal volta atrás do que disse anteriormente

A decisão do Decreto 10.412, já publicado no DOU (Diário Oficial da União) desde o dia primeiro de julho, vem de encontro ao que o Presidente Jair Messias Bolsonaro (Sem Partido) vinha defendendo em suas entrevistas e aparições públicas.

No final de junho, em uma das suas tradicionais lives que vão ao ar geralmente às quintas-feiras, Jair Bolsonaro havia declarado que ia, sim, prorrogar o auxílio, mas com o valor das parcelas progressivamente menores.

Auxílio Emergencial: Caixa libera novos saques e transferências do 3º lote do benefício

O presidente havia revelado que a ideia do Governo Federal seria pagar mais três parcelas extras do auxílio; além das três que já haviam sido pagas; em valores menores seguindo a ordem decrescente: R$500, R$400, R$300, respectivamente.

Os valores não foram vistos com bons olhos pelo presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia. O chefe do parlamento foi categórico em pronunciamentos de que defenderia a continuação do pagamento das parcelas no valor de 600 reais; assim como nos três meses anteriores.

Quando Bolsa Família vai liberar quarta (4ª) parcela do Auxílio Emergencial? Qual será o valor?

No fim das contas, o Governo Federal acabou cedendo, principalmente em virtude da continuidade dos decretos de isolamento social por parte dos governos executivos em vários estados brasileiros, além do profundo aumento do desemprego desde o mês de março.

Com informações de

PODE LHE INTERESSAR