Ônibus é incendiado em bairro de Salvador – Transporte não circula na região

Foto: G1

Salvador

Um ônibus do transporte público de Salvador foi incendiado na tarde desta quarta-feira (25), no bairro de Santa Cruz, durante uma manifestação na localidade. Não há informações de feridos. Por volta das 17h45, o protesto já havia sido encerrado, entretanto, por conta da situação, os estabelecimentos comerciais do local fecharam as portas. Também por causa da situação, os ônibus deixaram de circular no bairro e o fim de linha foi transferido para o Parque da Cidade.

A Secretaria de Segurança Pública (SSP-BA) informou que um suspeito de tráfico de drogas, identificado como Erivelton de Assis Santos, de 22 anos, foi morto a tiros em confronto com a polícia, na região, por volta das 14h30 desta quarta. O protesto teria sido motivado pela morte do suspeito.

Os manifestantes também colocaram fogo em objetos, na Rua 11 de Novembro, mesma rua onde o coletivo foi queimado.

Através de nota, a SSP-BA informou que guarnições das Rondas Especiais (Rondesp) Atlântico, Operação Gêmeos e do Pelotão Especial Tático Ostensivo (Peto) da 40 Companhia Independente da Polícia Militar (CIPM/Nordeste de Amaralina) reforçam a segurança no bairro da Santa Cruz e região, após morte do suspeito de tráfico.

Ainda segundo a SSP-BA, investigadores da 28 Delegacia Territorial (Nordeste de Amaralina) e do Grupo Especial de Repressão a Roubos em Coletivos (Gerrc) estão investigando quem são foram as pessoas que colocaram fogo no coletivo. Informações sobre os autores podem ser repassadas, com total anonimato, através dos números 190 e 3235-0000 (Disque Denúncia).

Ônibus sem rodar

De acordo com Fábio Primo, vice-presidente do Sindicato dos Rodoviários, após a queima do coletivo, os veículos do transporte público da capital baiana pararam de entrar no bairro da Santa Cruz. Com isso, o final de linha dos ônibus que percorrem o bairro de Santa Cruz passou a ser no Parque da Cidade.

Ainda segundo o sindicalista, os coletivos também pararam de circular no Nordeste de Amaralina e Vale das Pedrinhas, comunidades vizinhas à Santa Cruz. Para estas localidades, o fim de linha está sendo na Rua do Canal, no Rio Vermelho.

Fábio Primo também destacou que não há previsão dos ônibus voltarem a circular nas comunidades, na manhã de quinta-feira (26). Não há previsão do retorno dos coletivos aos bairros.

PODE LHE INTERESSAR