Novo programa Renda Brasil pode substituir Bolsa Família ainda em 2020

Novo programa Renda Brasil pode substituir Bolsa Família ainda em 2020
Novo programa Renda Brasil pode substituir Bolsa Família ainda em 2020

Novo programa Renda Brasil pode substituir Bolsa Família ainda em 2020.

No início do mês de julho, o presidente da Câmara, deputado Rodrigo Maia (DEM-RJ), cobrou o governo do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) o envio da proposta do anunciado programa Renda Brasil.

Criança Feliz beneficia famílias do Cadastro Único (Bolsa Família) e BPC

Anunciado pela equipe econômica como um substituto ao Bolsa Família, até o momento, o governo ainda não apresentou as bases para o programa.

Durante uma transmissão ao vivo, presidente da Câmara cobrou o envio de uma proposta, em vez de discurso, para que o Congresso inicie o debate.

Bolsa Família: NIS define quem receberá 5ª parcela do auxílio primeiro – veja calendário

“O governo precisa parar de fazer discurso sobre o tal Renda Brasil e apresentar o programa ao Congresso. O Congresso tendo espaço, tendo a proposta do governo, vai organizar de forma rápida esse debate e vai, claro, avançar, dentro da realidade fiscal brasileira”.

Rodrigo ainda alertou que o governo tem apenas alguns dias para fazer o debate do novo programa; ou será pressionado a renovar o benefício de R$ 600 do auxílio emergencial.

Renda Brasil deve unir inscritos do Cadastro Único, Bolsa Família e Auxílio

Ele também afirmou que não é a favor de mais uma prorrogação do Auxílio Emergencial, porém argumentou que se o governo não entrar logo no debate, será pressionado a manter o benefício pela sociedade e por parlamentares.

“Se o governo deixar tudo para a última hora, é claro que a pressão da sociedade e dos deputados e deputadas e senadores e senadoras será grande por mais algum período de R$ 600”.

Veja em quais estados o Bolsa Família não pode ser cortado durante a pandemia

Criação do Renda Brasil

No início de junho, o ministro da Economia Paulo Guedes se reuniu com deputados federais e anunciou a intenção de criar o chamado Renda Brasil para substituir o atual Bolsa Família.

A ideia é incluir os informais identificados pelo governo e que hoje são beneficiados pelo auxílio emergencial de R$ 600. Guedes, entretanto, não deu mais detalhes sobre a iniciativa na reunião com deputados no início de junho e ainda não apresentou as diretrizes do programa.

Inscreva-se no Cadastro Único para acessar: Tarifa Social, BPC, Bolsa Família e mais

O projeto surgiu no ano passado, com a equipe do governo Bolsonaro trabalhando em uma transformação do Bolsa Família. Já havia a previsão de mudar o nome do programa para Renda Brasil.

Conforme integrantes da equipe econômica, diversas áreas do ministério estão fazendo estudos para aprimorar o desenho de programas sociais e usar melhor os recursos destinados a eles.

PODE LHE INTERESSAR