Novo Bolsa Família deve abrir 26 milhões de vagas para informais se inscreverem

Novo Bolsa Família deve abrir 26 milhões de vagas para informais se inscreverem
Novo Bolsa Família deve abrir 26 milhões de vagas para informais se inscreverem – Foto: Reprodução

Novo Bolsa Família deve abrir 26 milhões de vagas para informais se inscreverem.

O governo já anunciou o novo Programa Social que vai substituir o Bolsa Família. O objetivo é reduzir os efeitos da crise sobre a população mais vulnerável do país.

O Ministério da Economia já adiantou que vai unificar alguns benefícios sociais para criar o novo programa, batizado de Renda Brasil. O programa substituiria o Bolsa Família.

Leia também: Qual será o valor do pagamento do Bolsa Família pelo novo programa Renda Brasil?

Portanto, Guedes já havia defendido o novo projeto em reunião com parlamentares dizendo que o governo deve incluir os beneficiários do Auxílio Emergencial no novo programa do Bolsa Família.

“Vamos começar agora uma aterrissagem, com unificação de vários programas sociais e o lançamento de um Renda Brasil, que o presidente vai lançar”, disse Guedes.

Para criar esse programa, o governo vai acabar com outros programas sociais?

Provavelmente sim. Técnicos do Ministério da Economia defendem o remanejamento de recursos de outros programas considerados pouco focalizados que acabam indo para pessoas de renda maior.

Veja também: Renda Brasil deve substituir Auxílio Emergencial unindo Bolsa Família a outros benefícios

Na mira do governo, estão gastos como abono salarial PIS/PASEP (benefício de um salário mínimo voltado para quem ganha até dois pisos, mas que acaba sendo recebido também por jovens de classe média em início de carreira) e o seguro-defeso (pago a pescadores artesanais no período de reprodução dos peixes, quando a pesca é proibida, mas com alto índice de irregularidades).

Governo deve abrir novas inscrições para novo Bolsa Família

N1 apurou que o novo programa estará disponível automaticamente para os beneficiários do Bolsa Família que vão migrar para o novo programa. Mas o governo deve abrir novas inscrições para incluir cerca de 26 milhões de pessoas.

Sendo assim, no total, estima-se que o novo Bolsa Família vai alcançar cerca de 40 milhões de famílias, sendo 14 milhões que fazem parte do atual Bolsa Família, e os outros 26 milhões serão de novos inscritos com informais de baixa renda.

Veja também: Bolsa Família: pagamento da 3ª parcela do Auxílio Emergencial vai começar

Quem poderá se inscrever no novo Bolsa Família?

O governo ainda não detalhou as regras para ter acesso ao novo programa, mas a reportagem apurou que o beneficio será concedido as pessoas que trabalham apenas na informalidade e ganha menos de 1 salário mínimo.

Sem dar muitos detalhes, durante uma reunião, Guedes destacou que o objetivo é trabalhar a base de dados do Auxílio Emergencial para facilitar a execução do novo programa Bolsa Família, batizado de Renda Brasil.

Veja também: Nordestinos conseguem revogação da retirada de verba do Bolsa Família da região

O Governo Federal está finalizando as diretrizes da nova política assistencial, mas já detalhou para deputados como deve ser o novo Bolsa Família. Veja abaixo:

  • Bolsa Família terá novo nome – Renda Brasil
  • Quem receberá – desempregados, famílias de baixa renda e informais
  • Numero de beneficiários: Será quase 40 milhões de pessoas.
  • Bolsa Família – continuará a ser pago, com novo nome;
  • Como receber o pagamento extra – por meio de “Imposto de Renda negativo”

Gosta deste tipo de conteúdo? Então clica aqui para seguir nossa página no Google News e ficar por dentro de todas as notícias relacionadas a este e outros assuntos.

Portanto, outra maneira de acompanhar nossas postagens, é seguindo nossas redes sociais: Facebook ou Instagram.

PODE LHE INTERESSAR