Nova fraude cria ‘fantasmas’ para receber benefícios do Cadastro Único, BPC e INSS

Autor: Charles Fábion

Publicada em


Nova fraude cria 'fantasmas' para receber benefícios do Cadastro Único, BPC e INSS
Nova fraude cria ‘fantasmas’ para receber benefícios do Cadastro Único, BPC e INSS

Nova fraude cria ‘fantasmas’ para receber benefícios do Cadastro Único, BPC e INSS.

A Polícia Federal cumpriu, na manhã desta quinta-feira (25/06), quatro mandados de busca e apreensão e um de prisão preventiva em duas cidades do Sertão de Crateús do Ceará.

++Governo divulga novo calendário do Auxilio Emergencial para inscritos do Cadastro Único

Os mandados da ‘Operação Fantasmas’ foram cumpridos em endereços de um advogado que é investigado por fraudes previdenciárias.

Segundo a Polícia Federal, foram cumpridos três mandados de busca e apreensão em Tauá e outro no município de Catarina, onde também foi cumprido o de prisão preventiva.

++Renda Brasil será permanente e vai unificar Bolsa Família, Abono Salarial e Seguro-Defeso

Pessoas físicas fantasmas

Entre as fraudes provocadas pelo advogado estão a criação de 17 pessoas físicas fantasmas para recebimento do Benefício Assistencial ao Idoso (BPC), além de inserção de informações falsas no Cadastro Único (CadUnico).

Em consequência da pandemia de Covid-19, o governo federal pagou o Auxílio Emergencial automaticamente a todos esse cadastrados.

++Bolsa Família: Caixa libera mais dinheiro do Auxílio emergencial

Todas as buscas foram acompanhadas por representantes da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB).

Ainda segundo as investigações, a execução do crime teve início em 2018, com objetivo inicial de fraudar o Instituto Nacional de Seguridade Social (INSS).

O Auxílio Emergencial concedido pelo governo federal acabou se tornando mais uma oportunidade para que os criminosos utilizassem os cadastros fantasmas.

++Novo projeto libera BPC de R$ 1.045 para inscritos no Cadastro Único

Apura-se ainda a participação de mais pessoas, entre funcionários de órgãos públicos e de cartórios, um deles em Acopiara, município de Centro-sul do estado.

Fonte: G1