Nova carteira de identidade vai reunir vários documentos; veja principais mudanças

Nova carteira de identidade vai reunir vários documentos; veja principais mudanças
Nova carteira de identidade vai reunir vários documentos; veja principais mudanças – Reprodução

Nova carteira de identidade vai reunir vários documentos; veja principais mudanças. O governo federal prorrogou mais uma vez o prazo para que os órgãos de identificação adotem os novos padrões de Carteira de Identidade, estabelecidos pelo Decreto 9.278, de 5 de fevereiro de 2018.

Em Decreto publicado no Diário Oficial da União desta sexta-feira (28/02), o governo altera norma anterior para estabelecer que somente a partir de 1º de março de 2021 os órgãos estarão obrigados a adotar os novos padrões.

Segundo a legislação em vigor até então, o prazo para que todos os órgãos se adequassem aos novos padrões era a partir de 1º de março deste ano.

O que muda na nova carteira de identidade?

O novo modelo de carteira de identidade, definido pelo Decreto 9.278/2018, tem o tamanho reduzido e novos dispositivos para aumentar a segurança contra falsificações, como o QR Code.

Além disso, é possível incluir no documento informações como título de eleitor; numeração da carteira de trabalho; certificado militar; carteira nacional de habilitação; número do PIS; tipo sanguíneo e fator Rh e outros dados que indiquem, por exemplo, necessidades especiais.

Também é possível ao cidadão optar pelo nome social no documento, sem necessidade de alterar o registro civil.

Estadão Conteúdo

PODE LHE INTERESSAR