Mutirão de emprego oferece 780 vagas PCD em SP; sem exigir experiência

Mutirão de emprego oferece 780 vagas PCD em SP; sem exigir experiência
Mutirão de emprego oferece 780 vagas PCD em SP; sem exigir experiência – Foto: Reprodução

Mutirão de emprego oferece 780 vagas PCD em SP; sem exigir experiência.

A 10ª edição do Contrata SP-Pessoa com Deficiência começou hoje (23/07), em São Paulo. Trata-se de um mutirão de emprego para pessoas com deficiência que oferece mais de 780 vagas em áreas como serviço, comércio e saúde, com salários entre R$ 950 e R$ 6 mil.

>>Exército Brasileiro abre novas vagas em processo seletivo; veja edital

As oportunidades são para profissionais com escolaridade do fundamental ao superior, com chances para candidatos sem experiência. Além dos profissionais com deficiência, a iniciativa também conta com candidatos reabilitados do Instituto Nacional do Seguro Social – INSS.

A 10ª edição do Contrata SP-Pessoa com Deficiência recebeu cerca de 1.200 inscritos, sendo 75% pré-aprovados para comparecer às unidades do Centro de Apoio ao Trabalho e Empreendedorismo (Cate) Central e Interlagos. Até o dia 26 de julho duas unidades do Cate, Central e em Interlagos receberão os pré-selecionados com agendamento prévio. No atendimento presencial os candidatos poderão ter contato com equipes de recrutadores de empresas que estarão nessas unidades do Cate.

>>Marinha libera edital de concurso com vagas para Praças da Armada

Para facilitar o atendimento, as equipes do Cate cruzaram informações do currículo dos candidatos com o perfil das vagas das empresas que estarão com selecionadores no Contrata SP.

Nos postos, as empresas foram divididas entre os setores de serviços, saúde e operacional e, assim que chegarem ao posto, os trabalhadores receberão uma pulseira e serão direcionados ao balcão do empregador que tem mais possibilidades de contratá-los. Também é possível deixar currículos para outras vagas.

>>Banco Caixa anuncia concurso com 10 mil vagas de emprego

Segundo a secretária da Pessoa com Deficiência, Silvia Grecco, uma das prioridades é promover a inclusão profissional das pessoas com deficiência, superando o discurso de que as empresas não encontram deficientes e que, por isso, não as empregam. Assim, o objetivo do mutirão é mostrar para as empresas que há pessoas qualificadas com deficiência que estão procurando por oportunidades.

 “A inclusão das pessoas com deficiência no mercado de trabalho é uma questão de respeito e dignidade. É preciso preparo e adaptação das empresas. É preciso igualdade salarial. É preciso deixar de ser uma obrigação para ser uma oportunidade igual para todos”, disse Silvia.

>>Sam’s Club oferta mais 400 vagas de emprego; veja como enviar currículo

Vagas disponíveis

Entre as vagas disponíveis destacam-se 195 para operador de telemarketing, com salários entre R$ 950 e R$ 1.286, com ou sem experiência. Para a área de vendas em cargos como assistente, vendedor ou operador, os salários chegam a R$ 1.753 com a possibilidade de ganhos adicionais por comissões.

Há ainda 147 oportunidades para profissionais do setor administrativo como assistente, analista de recursos humanos, auxiliar financeiro e recepcionistas, entre outras, com salário entre R$ 1.200 e R$ 3 mil, com exigência mínima de seis meses de experiência e escolaridade entre o ensino médio e superior completos.

>>MRV oferece 10 mil vagas gratuitas em cursos online profissionalizantes

Nas áreas de tecnologia há 36 vagas – salários entre R$ 1.800, para analistas de suporte, a R$ 6 mil para programador de sistemas de informação. Na área da saúde, há vagas para os segmentos de farmácia e enfermagem, com escolaridade do ensino médio, técnico ou superior, além de comprovação de experiência e regularização em entidades ligadas à profissão.

Fonte: Agência Brasil

PODE LHE INTERESSAR