Mulher encontrada morta e sem roupa, tinha marcas de espancamento e abuso sexual

Foto: Reprodução
Violência

Por volta das 6h da manhã do domingo (09/07), a comerciante Nadjane Santos de Jesus, 30 anos, foi vista pela última vez na Rua Santos Soares, no bairro de Itapuã, em Salvador. De acordo com informações de familiares, ela estava na companhia do seu cachorro de estimação chamado Mayck. Horas depois, por volta das 9h30, ela foi encontrada morta, nua, com marcas de espancamento e violência sexual, na estrada CIA/Aeroporto.

Segundo o marido da vítima, no dia do desaparecimento, a comerciante acordou por volta das 5h da manhã para comprar um pacote de feijão fradinho e não retornou para casa. O marido só sentiu falta da esposa quando, horas depois, o cachorro retornou sozinho para casa.

Os familiares da vítima acreditam que a comerciante foi forçada a entrar em um veículo antes de desaparecer.

O caso está sendo investigado pelo Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP). Segundo o Departamento de Polícia Técnica (DPT), os laudos sobre as causas da morte de Nadjane devem ficar prontos em até 30 dias.

PODE LHE INTERESSAR