Minha Casa Minha Vida oferece condições para financiamento com FGTS

Governo vai dividir Minha Casa Minha Vida em diversos programas - Esclarecimentos sobre "aluguel social"
Minha Casa Minha Vida oferece condições para financiamento com FGTS – Foto: Reprodução / Arte: N1 BAHIA

O Minha Casa Minha Vida oferece novas condições para famílias que integram as faixas 2 (renda de até R$ 4 mil) e 3 (renda de até R$ 7 mil) do programa financiarem imóveis com recursos do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS). Em março deste ano, a Caixa Econômica Federal e o Ministério do Desenvolvimento Regional anunciaram que o valor máximo do financiamento habitacional em municípios com até 50 mil habitantes passou de R$ 110 mil para R$ 145 mil.

O novo teto vale para os imóveis localizados no Rio de Janeiro, São Paulo e Distrito Federal. No resto do País, a tabela ficou da seguinte forma: na região Sul, Espírito Santo e Minas Gerais, o valor máximo passou de R$ 105 mil para R$ 140 mil; no Centro-Oeste, com exceção do DF, de R$ 105 mil para R$ 135 mil; e no Norte e Nordeste, de R$ 100 mil para R$ 130 mil.

Além disso, em municípios com menos de 20 mil habitantes também haverão mudanças. Estes passam a ter acesso às mesmas condições oferecidas às cidades com até 50 mil moradores. Antes, o teto de financiamento nas localidades com menor população era de R$ 95 mil em todo o País.

Valor máximo

Outra novidade é o valor máximo de subsídio para as famílias da faixa 2; que passa a ser de R$ 11,6 mil em municípios com menos de 20 mil habitantes. Nas demais localidades, o teto para esta faixa segue sendo de R$ 29 mil, dependendo da região.

O que é Minha Casa Minha Vida?

É uma iniciativa do Governo Federal que oferece condições atrativas para o financiamento de moradias nas áreas urbanas para famílias de baixa renda. Em parceria com estados, municípios, empresas e entidades sem fins lucrativos, o programa vem mudando a vida de milhares de famílias brasileiras. É oportunidade para quem precisa e mais desenvolvimento para o Brasil.

Nesta modalidade, existem quatro faixas de renda contempladas. São elas:

Famílias com renda de até R$ 1.800,00:

Faixa 1 – A Caixa oferece várias vantagens para a sua família. Conte com um financiamento de até 120 meses, com prestações mensais que variam de R$ 80,00 a R$ 270,00; conforme a renda bruta familiar. A garantia para o financiamento é o imóvel que você vai adquirir. Assim, fica muito mais fácil realizar o sonho da casa própria.

Famílias com renda de até R$ 2.600,00:

Faixa 1,5: Você pode adquirir um imóvel cujo empreendimento é financiado pela Caixa com taxas de juros de apenas 5% ao ano e até 30 anos para pagar e subsídios de até 47,5 mil reais.

Famílias com renda de até R$ 4.000,00:

FAIXA 2: Se sua família tem renda bruta de até R$ 4.000,00, você se encaixa nesta faixa do Programa Minha Casa Minha Vida e pode ter subsídios de até R$ 29.000,00.

Famílias com renda de até R$ 7.000,00:

FAIXA 3: Para famílias com renda bruta de até R$ 7.000,00​​; o Programa Minha Casa Minha Vida oferece taxas de juros diferenciadas em relação ao mercado para você conquistar uma casa própria.

Como se inscrever no Minha Casa Minha Vida?

  1. Confira se você precisa se cadastrar

    Se a sua família tem renda mensal menor que R$ 1.800,00 é preciso se inscrever na prefeitura da sua cidade; ou numa entidade organizadora para iniciar o processo de seleção.
    Já para as famílias com renda mensal até R$ 7.000,00​​, além de poder contratar por meio de uma entidade organizadora, pode também contratar de forma individual, para isso é só fazer a simulação, para saber quanto você poderá investir, entregar a documentação em um Correspondente Caixa Aqui ou n​a agência Caixa mais próxima de você.​
  2. A Caixa avalia seu cadastro

    As famílias selecionadas pelas prefeituras e validadas pela Caixa serão comunicadas sobre a data do sorteio das unidades e da assinatura do contrato de compra e venda do imóvel.
    No caso de atendimento direto na agência ou no Correspondente Caixa Aqui; a Caixa recebe e analisa a sua documentação e a documentação do imóvel que você escolheu e mostra para você as melhores condições para o financiamento.
  3. Você assina o contrato

    Após a aprovação e validação do cadastro você assina o contrato de financiamento.

Quem mora em Salvador pode se inscrever através deste link: CLIQUE AQUI

PODE LHE INTERESSAR