Mês termina com temperaturas elevadas e previsão de chuvas fracas

Nesse ultimo final de semana do mês de abril, as condições do tempo na Bahia deverão ter algumas mudanças, principalmente, em relação às chuvas. Pois, a massa de ar quente e seco, que já vem atuando há várias semanas sobre o Estado, começa a perder força, permitindo o aumento da nebulosidade na maior parte das regiões.

Além do enfraquecimento dessa massa de ar, uma frente fria que está se deslocando pelo Sudeste brasileiro, deverá provocar instabilidade atmosférica e, com isso, favorecendo a ocorrência de chuvas em algumas áreas, a exemplo do Oeste, Chapada Diamantina, Sudoeste, Recôncavo e Sul. No entanto, é nessa ultima região onde são esperados os maiores volumes.

Por outro lado, nas regiões do São Francisco, Norte e Nordeste, é a massa de ar que, mesmo enfraquecida, permanece influenciando o tempo, mantendo a nebulosidade reduzida e sem previsão de chuvas na maior parte do período.

Mesmo estando na estação do outono, as temperaturas continuam típicas de verão. Os maiores índices, com máximas de até 37°C, são esperados para o Oeste, São Francisco e Norte. Na faixa leste do Estado, as máximas não deverão ultrapassar os 33°C. Já as menores temperaturas deverão ser registradas nas áreas serranas da Chapada Diamantina e Sudoeste, onde as mínimas poderão chegar aos 16°C.

As temperaturas também permanecerão elevadas na capital baiana e região metropolitana (mínimas de 23°C e máximas de 33°C), onde a previsão é de céu nublado a parcialmente nublado com possibilidade de chuvas fracas a qualquer hora do dia.

Maré

Para o período entre os dias 29/04 (sexta-feira) e 01/05 (domingo), a maré deverá atingir sua altura máxima no período entre 08h às 12h e entre 20h às 00h do dia seguinte, com valores variando de 1,5 e 2,3 metros. Já as alturas mínimas deverão ser registradas no período entre 02h às 06h e entre 14h às 18h, com valores variando de 0,5 a 1,1 metros. As ondas previstas para esse período deverão ter agitação fraca, com altura máxima podendo chegar a 1,5 metros.

Índice de Radiação Ultravioleta

Os Índices de Radiação Ultravioleta (IUV’s) previstos para o período de 29/04 (sexta-feira) a 01/05 (domingo) permanecerão altos, variando de 09 a 11, o que segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS) estão classificados nas categorias “Muito Alto e Extremo”. Com isso, a exposição prolongada à radiação solar, principalmente, nos horários entre as 10 e as 16 horas, requer cuidados. Assim, a OMS recomenda a utilização de protetor/filtro solar, chapéus, bonés, óculos escuros e roupas leves, minimizando assim danos à saúde, principalmente, a pele e aos olhos.

PODE LHE INTERESSAR