MEC destina R$ 294,9 milhões às instituições federais

Foto: Luis Fortes/MEC

O Ministério da Educação (MEC) liberou um total de R$ 294,9 milhões para as instituições federais de ensino vinculadas à pasta para ser destinado ao custeio e à manutenção desses estabelecimentos, como gastos com contas de água, energia, luz, telefone, serviços terceirizados e compra de materiais como papel etc.

>>Contran divulga novo prazo para renovar a CNH 2020/2021; confira

Os recursos também serão utilizados para o pagamento do Programa Nacional de Assistência Estudantil (Pnaes), que oferece assistência a estudantes de baixa renda matriculados em cursos de graduação presencial das instituições federais de ensino superior, como apoio à moradia estudantil, alimentação, transporte e saúde.

>>Senado aprova Medida Provisória que permite redução de tarifas de energia

As ações são executadas pelas próprias instituições de ensino que recebem os recursos do MEC para os custeios.

A maior parte do valor (R$ 218,4 milhões) foi destinada às universidades federais, incluindo repasses para os hospitais universitários. Já a Rede Federal de Educação Profissional, Científica e Tecnológica recebeu R$ 74,4 milhões.

>>Pagamento de parcelas do Fies serão suspensas até junho de 2021; sugere Projeto

O restante (R$ 2,2 milhões) foi repassado ao Instituto Nacional de Educação de Surdos (Ines), ao Instituto Benjamin Constant (IBC) e à Fundação Joaquim Nabuco (Fundaj). Ao longo de 2021, o MEC autorizou o repasse de R$ 372,3 milhões para as instituições federais vinculadas à pasta.

PODE LHE INTERESSAR