Mais de 25 mil visitadores contribuem com o Criança Feliz; veja como participar

Criança Feliz continua atendendo mesmo durante a pandemia
Mais de 25 mil visitadores contribuem com o Criança Feliz; veja como participar

Presente em 2.928 municípios brasileiros, o programa Criança Feliz conta com o trabalho de 25 mil visitadores. Homens e mulheres que nas mais de 40 milhões de visitas fizeram a diferença nos lares de milhões de brasileiros. Já foram mais de 1,1 milhão de crianças e gestantes atendidas por esses profissionais que fazem da iniciativa uma decisiva ferramenta social.

>>Mais 20 serviços do Governo Federal já podem ser acessados on-line; confira

“A visita domiciliar é considerada uma das mais eficazes estratégias para investir no desenvolvimento infantil. Mais de 25 mil visitadores por todo o Brasil vão às residências com propostas de atividades com os materiais disponíveis em casa para que essa família tenha momentos onde ela possa estimular, brincar com sua criança e possa entender que ela precisa de estímulo, cuidado e proteção. E também fortalecendo o vínculo parental”, afirmou a secretária Nacional de Atenção à Primeira Infância, do Ministério da Cidadania, Luciana Siqueira.

“Os visitadores fazem um trabalho maravilhoso, levando o olhar do Governo Federal. Eles também observam as necessidades dessas famílias em situação de vulnerabilidade. Aquele olhar do Governo dentro das casas. Nós parabenizamos o trabalho desses profissionais que dedicam seus dias para trabalhar, para contribuir para a construção de cidadãos saudáveis e produtivos”, completou.

>>Bolsa Família de fevereiro será depositado no Caixa Tem para este grupo

Planejando ações

Nas visitas, os profissionais trabalham o desenvolvimento infantil, habilidades cognitivas e motoras das crianças, além de fortalecerem a parentalidade (vínculo e papel dos cuidadores na vida da criança), tudo por meio de brincadeiras e atividades.

Para aprimorar os trabalhos dos visitadores, foi desenvolvido o curso Programa Criança Feliz: planejando as ações. As aulas abordarão o trabalho em equipe, ética, moral, empatia, confiança, motivação e sigilo profissional. Também serão apresentadas ferramentas de planejamento estratégico, avaliação e organização de tempo.

>>Petrobras anuncia reajuste para gasolina, diesel e gás de botijão

O intuito é oferecer conhecimentos que auxiliarão o trabalho dos visitadores, supervisores e multiplicadores do programa Criança Feliz. O conteúdo é oferecido na modalidade a distância e dá direito a certificado.

>>Ação no STF pode custar R$ 86,9 bilhões à Previdência Social em 30 anos

O curso é voltado a pessoas atuantes no Criança Feliz e demais profissionais da rede socioassistencial, contudo qualquer cidadão interessado no tema pode acessar as aulas. O Portal da Cidadania oferece, atualmente, 30 cursos e diversos tutoriais sobre Primeira Infância, Assistência Social, programa Bolsa Família, entre outros.

Saiba mais sobre o curso

Saiba como participar do programa Criança Feliz

PODE LHE INTERESSAR