Liberado novo saque emergencial do FGTS de R$1.100? Entenda como vai funcionar

FGTS: novo saque deverá ficar próximo a um salário mínimo (R$ 1.045)
FGTS: novo saque deverá ficar próximo a um salário mínimo (R$ 1.045) – Foto: Reprodução

O Governo Federal vem sofrendo forte pressão para realizar uma nova prorrogação do Auxílio Emergencial. Na contramão dessa pressão o Ministério da Economia vem buscando novas alternativas para estimular a economia do país bem como reduzir os impactos da pandemia neste inicio de ano, sem que seja necessário aumentar os gastos públicos para tal.

Dentre as possibilidades do governo está o retorno do saque emergencial do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS). Para recordar, o saque emergencial do FGTS foi anunciado pelo governo no início da pandemia em 2020.

Durante o processo de liberação do fundo aproximadamente 51,5 milhões de trabalhadores puderam retirar até R$ 1.045 das contas do fundo, sendo elas, contas ativas (emprego atual) bem como contas inativas (empregos anteriores).

>>Gabaritos do Enem serão divulgados nesta quarta-feira; fique atento!

Valores reduzidos

A previsão é de que as regras para saque do FGTS emergencial sigam os mesmos moldes do ano passado, ou seja, liberando aos trabalhadores um saque das contas ativas e inativas do fundo de até um salário mínimo, valor esse que poderá ser sacado de até R$ 1.100 em 2021.

Porém uma nova rodada do saque emergencial este ano, mesmo que em si, possa liberar um valor de até R$ 1.100 pode significar um valor menor que o esperado, tendo em vista que a disponibilidade de recursos dos trabalhadores podem ser menores que um salário mínimo, justamente pelo saque realizado no ano passado.

>>Primeira edição do Enem digital começa a ser aplicada neste domingo

Além disso, conselheiros do fundo estão receosos de que mais saques do FGTS possam ameaçar a rentabilidade dos investimento do Fundo de Garantia, tendo em vista que os lucros do fundo no ano passado caíram quase que pela metade.

Além disso é importante deixar claro aos trabalhadores que mais saques do FGTS sendo liberado significa menos saldo para casos de uma eventual demissão sem justa causa, ou ainda para o cidadão que queira utilizar o Fundo como entrada no financiamento de imóveis por programas como o Casa Verde e Amarela.

Porém uma nova rodada do saque emergencial este ano, mesmo que em si, possa liberar um valor de até R$ 1.100 pode significar um valor menor que o esperado, tendo em vista que a disponibilidade de recursos dos trabalhadores podem ser menores que um salário mínimo, justamente pelo saque realizado no ano passado.

INSS: confira o calendário de pagamentos para a próxima semana

Além disso, conselheiros do fundo estão receosos de que mais saques do FGTS possam ameaçar a rentabilidade dos investimento do Fundo de Garantia, tendo em vista que os lucros do fundo no ano passado caíram quase que pela metade.

Além disso é importante deixar claro aos trabalhadores que mais saques do FGTS sendo liberado significa menos saldo para casos de uma eventual demissão sem justa causa, ou ainda para o cidadão que queira utilizar o Fundo como entrada no financiamento de imóveis por programas como o Casa Verde e Amarela.

Fonte Jornal Contábil

PODE LHE INTERESSAR