Leilão da Receita Federal tem iPhone por R$500, notebooks e até barcos
Leilão da Receita Federal tem iPhone por R$500, notebooks e até barcos © Shutterstock

 

Leilão da Receita Federal tem iPhone por R$500, notebooks e até barcos.

A  Receita Federal vai realizar na quinta-feira (30/07), em Fortaleza, Ceará, um leilão de produtos apreendidos em ações de fiscalização do órgão.

De acordo com jornal O Povo, serão leiloados 56 lotes de mercadorias. As remessas ofertam uma série de dispositivos eletrônicos, incluindo um  iPhone 6S  de 16 GB com preço inicial de R$ 500, um  iPhone XR  de 64 GB a partir de R$ 2.000 e um MacBook Pro 15 por R$ 4 mil.

Melhores truques para melhorar a vida útil da bateria do seu iPhone

A lista de itens ainda conta com outros modelos de smartphones, consoles de videogames, acessórios de informática, notebooks, carros e até embarcações.

A relação completa de lotes com seus respectivos produtos está disponível no site da Receita.

Desde segunda-feira (20/07), pessoas físicas e jurídicas podem efetuar propostas por meio do Centro Virtual de Atendimento ao Contribuinte (e-CAC).

Prazo

O prazo para novos lances vai até quarta-feira (29/07), às 18 horas. Além disso, o evento contará com uma sessão em tempo real, prevista para quinta-feira (30/07), a partir das 10 horas. Já a vistoria presencial está disponível somente até esta sexta-feira (24/07).

Iphone 12 poderá ser vendido sem carregador na caixa – entenda

Como acessar o leilão

Para ter acesso à plataforma da Receita, é necessário um certificado digital e-CPF ou e-CNPJ. Esses documentos atribuem validade jurídica às ofertas e também podem ser utilizados para outros processos e transações em plataformas governamentais.

A venda de certificados digitais ocorre por meio de instituições autorizadas. O custo de um e-CPF, no Serasa Experian, por exemplo, gira em torno de R$155, enquanto um e-CNPJ sai por R$229. A Receita oferece uma página com orientações a respeito desses documentos.

Leilão online do Detran oferece 135 veículos com lances a partir de R$ 200

Vale pontuar que o órgão não garante o envio ou transporte das mercadorias. O participante que adquirir um lote de mercadoria deve retirar os produtos no local indicado pela Receita na página do leilão.

Além disso, é importante ler com cuidado o edital do evento para tomar ciência sobre as regras e o funcionamento geral do pregão.