Jean, goleiro do São Paulo, é preso nos EUA acusado de agressão a esposa – vídeo

Jean, goleiro do São Paulo, é preso nos EUA acusado de agressão a esposa
Jean, goleiro do São Paulo, é preso nos EUA acusado de agressão a esposa – Reprodução

Jean, goleiro do São Paulo, é preso nos EUA acusado de agressão a esposa. O goleiro Jean, do São Paulo, foi preso nos Estados Unidos. O atleta foi detido acusado de agredir a esposa. Sua ficha já consta no sistema do Departamento de Correções do Condado de Orange, na Florida.

Consta na ficha de Jean que ele foi detido no começo da manhã e pré-sentenciado por violência doméstica. O São Paulo estuda seriamente rescindir o contrato do jogador.

As acusações de violência vieram a público na madrugada desta quarta-feira, quando a esposa do jogador postou uma série de vídeos, com o rosto machucado, acusando Jean de agressão.

– Eu tô aqui, em Orlando, e olha o que Jean acabou de fazer comigo. Alguém me ajude. Jean acabou de me bater. Gente, socorro. – diz ela em um dos vídeos (assista abaixo).

Esposa acusa goleiro Jean, do São Paulo, de agressão

Os vídeos postados por Milena durante férias nos Estados Unidos acabaram salvos por pessoas que os assistiram e circulam por redes sociais, apesar de apagados por ela. Em outro vídeo, a esposa de Jean pede justiça, e é possível escutar uma voz masculina ao fundo, sugerindo que ela se preocupe com o futuro das filhas.

Jean, goleiro do São Paulo. Olha o que ele fez comigo. Eu quero justiça.

O empresário de Jean, Paulo Pitombeira, está em contato com a diretoria do São Paulo para decidir os próximos passos. A ideia inicial do clube é rescindir o contrato. O Tricolor soltou a seguinte nota oficial:

“O São Paulo Futebol Clube informa que acompanha o caso envolvendo o atleta Jean Paulo Fernandes Filho e aguarda apuração dos fatos para definir as medidas cabíveis. Em seus quase 90 anos de existência, o São Paulo construiu uma história pautada por princípios sólidos de conduta dentro e fora de campo, e não abre mão deles.”

Veja mais