IPVA: confira o calendário de pagamento de cada estado

Projeto desvincula licenciamento de veículo do pagamento do IPVA ou de multas
Projeto desvincula licenciamento de veículo do pagamento do IPVA ou de multas – Reprodução

O mês de janeiro já chegou e com ele, o pagamento de taxas e impostos, entre eles o Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores (IPVA). como se sabe, a cobrança do imposto, realizada anualmente, tem calendários diferentes de vencimentos, definidos em cada estado.

vale lembrar que o pagamento do IPVA é obrigatório e a alíquota apresenta variação conforme o modelo e o ano de fabricação do veículo e também o estado em que o contribuinte mora.

>>Saiba quem terá o 13º salário do INSS antecipado no início de 2021

Em alguns estados, o IPVA pode ser pago com desconto, por quem optar pela chamada cota única. Mas quem não optar pela parcela única, pode pagar o imposto em parcelas que variam de estado para estado.

Abaixo o calendário para o pagamento do imposto em cada um dos estados e no Distrito Federal.

>>Saúde anuncia compra de 100 milhões de doses da Coronavac

Região Norte

Acre

Amapá

Amazonas

Pará

Rondônia

Roraima

Tocantins

Região Nordeste

Alagoas

Bahia

Ceará

Maranhão

Paraíba

Pernambuco

Piauí

Rio Grande do Norte

Sergipe

Região Centro-Oeste

Distrito Federal

Goiás

Mato Grosso

Mato Grosso do Sul

Região Sudeste

Espírito Santo

Minas Gerais

Rio de Janeiro

São Paulo

Região Sul

Paraná

Rio Grande do Sul

Santa Catarina

Como pagar?

O IPVA pode ser pago em casas lotéricas, terminais de autoatendimento ou agências bancárias. O pagamento pode ser feito também pela internet, via débito agendado ou por outros canais oferecidos pela instituição bancária.

Para isso, é necessário ter em mãos o número do Renavam (Registro Nacional de Veículo Automotor) do automóvel para checar o valor integral e as parcelas do IPVA 2021 em uma agência bancária credenciada ou diretamente no site da Secretaria da Fazenda.

>>Como contestar decisão do governo e voltar a receber o Bolsa Família

Quem deixar de realizar o pagamento do imposto ficarão sujeitos a uma multa de 0,33% por dia de atraso e juros com base na taxa Selic. Após 60 dias, o percentual da multa passa a ser 20% do valor total do imposto devida.

PODE LHE INTERESSAR