Inscreva-se no Cadastro Único para acessar: Tarifa Social, BPC, Bolsa Família e mais

Inscreva-se no Cadastro Único para acessar: Tarifa Social, BPC, Bolsa Família e mais
Inscreva-se no Cadastro Único para acessar: Tarifa Social, BPC, Bolsa Família e mais – Foto: Carlos Poly

Inscreva-se no Cadastro Único para acessar: Tarifa Social, BPC, Bolsa Família e mais.

O Cadastro Único é um registro que permite ao governo saber quem são e como vivem as famílias de baixa renda no Brasil. Ele foi criado pelo Governo Federal, mas é operacionalizado e atualizado pelas prefeituras de forma gratuita.

Tirar CNH de graça pode virar realidade para inscritos do Cadastro Único e Bolsa Família

Ao se inscrever ou atualizar seus dados no Cadastro Único, você pode tentar participar de vários programas sociais. Cada programa tem uma exigência diferente, mas o primeiro passo é ter sempre seu cadastro atualizado.

Conheça os principais programas que utilizam o Cadastro Único:

Falta de atualização no Cadastro Único pode bloquear seu dinheiro do auxílio

Como se cadastrar o Cadastro Único

Verifique o local onde é feito o Cadastro Único na sua cidade. Você pode ir até um Centro de Referência de Assistência Social – CRAS para se informar ou procurar a Prefeitura.

Algumas prefeituras exigem que você agende o seu cadastramento, então tente planejar com antecedência e saber como funciona essa ação na sua cidade.

Como funciona o Cadastro Único, onde e quem pode se inscrever (dezenas de benefícios)

Documentação em comum para todos os casos

Importante: No dia da entrevista, não será preciso que toda a família vá ao local de cadastramento. Se você for maior de 16 anos, e preferencialmente mulher, poderá cadastrar toda a família.

Mas, atenção: a pessoa que prestar a informação será chamada de Responsável pela Unidade Familiar (RF) no Cadastro Único.

Conheça as suspensões que vão afetar Bolsa Família e Cadastro Único durante 6 meses

Um outro recado: a entrevista demora mais ou menos uma hora, então  se programe para ir com tempo suficiente, certo?

Responsável pela Unidade Familiar (RF)

Deve comparecer com pelo menos um desses documentos:

– CPF; ou

– Título de Eleitor.

Isenção de pagamentos da conta de luz perde validade para Cadastro Único, Bolsa Família e BPC

Responsável pela Família Indígena

Deve comparecer com pelo menos um desses documentos:

– CPF; ou

– Título de Eleitor; ou

– Registro Administrativo de Nascimento Indígena (RANI); ou

– Outros documentos de identificação, como Certidão de Casamento, Carteira de Identidade (RG) e Carteira de Trabalho.

Prefeituras utilizam Cadastro Único para pagar novos auxílios extras de até R$ 300/mês

Responsável pela Família Quilombola

Deve comparecer com pelo menos um desses documentos:

– CPF; ou

– Título de Eleitor; ou

– Outros documentos de identificação, como Certidão de Casamento, Carteira de Identidade (RG) e Carteira de Trabalho.

O ponto principal do Cadastro Único para receber ajuda financeira no Renda Brasil

Demais membros da família

O Responsável pela Unidade Familiar (RF) deve estar com um desses documentos de cada pessoa da família:

– Certidão de Nascimento; ou

– Certidão de Casamento; ou

– CPF; ou

– Carteira de Identidade – RG; ou

– Carteira de Trabalho; ou

– Título de Eleitor.

Cadastro no portal único do Governo Federal oferece milhares de serviços gratuitos e online

Cadastramento de pessoas que não têm documento

  • Caso tenha faltado algum documento seu ou de alguém de sua família na hora do cadastramento, é obrigação da prefeitura fazer o cadastro mesmo assim. Mas, atenção: nesse caso, o seu cadastro vai ficar incompleto e você não poderá participar dos programas sociais. Por isso, apresente todos os documentos o quanto antes para garantir todos seus direitos.

Renda Brasil deve unir e ampliar vários programas sociais (inclusive Bolsa Família e Cadastro Único)

Documentos não obrigatórios, mas que ajudam no cadastramento (em todos os casos)

  •  Comprovante de endereço, de preferência a conta de luz;
  • Comprovante de matrícula escolar das crianças e jovens até 17 anos. Se não tiver comprovante, leve o nome da escola de cada criança ou jovem.
  • Carteira de Trabalho.

PODE LHE INTERESSAR