Higiene íntima: Se você lavar sua área genital desta forma, nunca terá problemas

Higiene íntima: Se você lavar sua área genital desta forma, nunca terá problemas
Higiene íntima: Se você lavar sua área genital desta forma, nunca terá problemas. Foto: Wapa

Higiene íntima: Se você lavar sua área genital desta forma, nunca terá problemas

Alguns hábitos de higiene podem alterar a flora vaginal e prejudicar nossa saúde íntima. Por isso, um especialista explica quais produtos as mulheres devem parar de usar e como fazer uma higienização correta.

Alberto Tejada, em sua edição especial para o jornal Trome, explicou que a flora vaginal é composta por milhões de bactérias cuja principal missão é proteger a vagina de possíveis infecções. Para não alterá-lo é necessário:

>>Chá preto: solução para cabelos brancos, prevenir a queda e acelerar o crescimento

1. Não use sabonetes perfumados:  lembre-se sempre disso. Uma ótima opção são os sabonetes de glicerina ou os específicos para a higiene íntima. Sabonetes perfumados podem ser irritantes, coceira ou conter adstringentes com uma grande quantidade de soda cáustica que mata a flora vaginal.

2. Lave da frente para trás:  Isso é muito importante. Se você fizer o oposto, arrastará germes do ânus para a vagina e alterará a flora vaginal.

>>Quanto de vitamina E precisamos por dia e como obtê-la?

3. Use roupas íntimas de algodão e branca:  evite usar roupas íntimas sintéticas e coloridas. Opte por aqueles de algodão. Esta fibra têxtil tem um tecido que permite a passagem de ar, para que sua área vaginal seja mais ventilada e não produza calor.

4. Não lave dentro da vagina:  Não seja muito obsessivo com a higiene de sua área íntima. Se você lavar por dentro, acabará com a flora vaginal. Ou seja, você eliminará todas as bactérias que mantêm o equilíbrio natural de sua área vaginal.

>>8 alimentos para ajudar a cuidar da saúde de seus pulmões

5. Não use bidê ou banheira:  Não é recomendado o uso de banheira para lavar a área íntima, pois os germes do ânus podem atingir o períneo e entrar na vagina, podendo levar a uma infecção urinária.

PODE LHE INTERESSAR