Fiocruz anuncia que entregará 1,3 milhão de doses de vacina

Fiocruz anuncia que entregará 1,3 milhão de doses de vacina
Fiocruz anuncia que entregará 1,3 milhão de doses de vacina

Fiocruz anuncia que entregará 1,3 milhão de doses de vacina.

A Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) anunciou hoje (1º/04) que vai entregar nesta sexta-feira (02/04), ao Ministério da Saúde, mais 1,3 milhão de doses de vacinas contra covid-19. Ao longo do mês de março, foram disponibilizadas 2,8 milhões de doses produzidas no Instituto de Tecnologia em Imunobiológicos (Bio-Manguinhos), a partir de ingrediente farmacêutico ativo (IFA) importado.

>>Projeto autoriza cidadão a registrar aplicação de vacina e pune “fura-fila”

Com a entrega de amanhã, a Fiocruz terá disponibilizado ao ministério 4,1 milhões de doses da vacina Oxford/AstraZeneca, produzida em Bio-Manguinhos, graças a um acordo de encomenda tecnológica firmado entre a Fiocruz e os desenvolvedores da vacina no ano passado.

Mais 4 milhões de doses da vacina Oxford/AstraZeneca foram importadas prontas da Índia e distribuídas ao Programa Nacional de Imunizações.

>>Novo Auxílio Emergencial: trabalhador saberá quem tem direito nesta sexta-feira

Mais vacinas

Segundo a Fiocruz, está prevista para esta semana a chegada de mais um lote de IFA que possibilitará a produção de 5,5 milhões de doses em Bio-Manguinhos. O calendário semanal de entregas da Fiocruz ao Ministério da Saúde prevê mais 3,2 milhões de doses de vacinas na semana que vem e mais 5 milhões de doses entre 12 e 17 de abril.

Desde o início da produção no instituto, a Fiocruz trabalha para aumentar a escala de produção e alcançar o patamar de 1 milhão de doses produzidas por dia.

>>5 dicas de beleza para evitar que seu cabelo tingido ou natural desbote

O acordo de encomenda tecnológica prevê que, até julho, 100,4 milhões de doses de vacinas sejam produzidas em Bio-Manguinhos com IFA importado.

Depois disso, a produção deve continuar com IFA produzido no Brasil, o que se dará por transferência de tecnologia dos desenvolvedores da vacina para a Fiocruz.

Fonte: Agência Brasil

PODE LHE INTERESSAR