Estas são as situações que permitem o saque total do FGTS

Estas são as situações que permitem o saque total do FGTS
Estas são as situações que permitem o saque total do FGTS

Estas são as situações que permitem o saque total do FGTS.

A Comissão de Defesa dos Direitos da Pessoa Idosa, da Câmara dos Deputados, promoverá uma audiência pública na próxima quinta-feira (dia 1º de julho) para debater a proposta quer permitiria o saque do saldo integral do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) quando o trabalhador completar 60 anos. Hoje, a liberação só é possível para pessoas com 70 anos ou mais.

>>Saque do FGTS: quem será beneficiado com nova liberação?

Atualmente, há mais de 30 projeto tramitando no Congresso Nacional para ampliar as condições de saque do fundo.

Foram convidados para a audiência os representantes da Caixa Econômica Federal, do Ministério da Fazenda, da Secretaria Nacional de Promoção e Defesa dos Direitos da Pessoa Idosa e do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea).

>>FGTS: milhares de golpes circulam nas redes sociais; veja como se proteger

Para os defensores da medida, o projeto é importante porque permite antecipar o prazo de movimentação das contas vinculadas do FGTS para que os idosos possam usufruir dos recursos depositados em suas contas.

Situações que permitem o saque total do FGTS:

Por lei, os trabalhadores com saldo no Fundo de Garantia podem sacar o dinheiro em algumas situações. Veja quais:

  • Demissão sem justa causa;
  • Rescisão por acordo entre empregador e empregado;
  • Compra da casa própria;
  • Complementação do pagamento de imóvel financiado pelo Sistema Financeiro de Habitação (SFH);
  • Aposentadoria;
  • Em caso de calamidade pública e desastres naturais;
  • Trabalhadores com 70 anos ou mais;

>>FGTS: saiba quanto você pode sacar após a correção do benefício

  • Trabalhadores ou dependentes portadores de HIV;
  • Trabalhadores ou dependentes diagnosticados com câncer;
  • Empregados que ficam três anos seguidos ou mais sem trabalhar com carteira assinada;
  • Trabalhadores ou dependentes que estejam em estágio terminal por causa de uma doença grave;
  • Em caso de morte do trabalhador, os dependentes e os herdeiros judicialmente reconhecidos podem efetuar o saque;
  • Se o trabalhador aderir ao chamado saque-aniversário, que permite a retirada de parte do saldo do FGTS, anualmente. Mas isso impede o saque após a rescisão do contrato de trabalho.

PODE LHE INTERESSAR