Essas são as novas regras do Pente-Fino INSS; veja como evitar o bloqueio

Essas são as novas regras do Pente-Fino INSS; veja como evitar o bloqueio
Essas são as novas regras do Pente-Fino INSS; veja como evitar o bloqueio

Essas são as novas regras do Pente-Fino INSS; veja como evitar o bloqueio.

O Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) divulgou detalhes de como será feita a revisão nos benefícios por incapacidade temporária (antigos auxílio-doença) prevista para começar neste mês. Os segurados que vão passar por este pente-fino nas agências da Previdência Social estão sendo convocados por cartas com aviso de recebimento digital enviadas para os endereços constantes no cadastro do órgão. As novas regras tratam do agendamento e da remarcação do exame, da suspensão ou da cessação do pagamento, e dos casos excepcionais.

>>INSS disciplina revisão de benefício por incapacidade de longa duração

Após o recebimento da carta, o beneficiário terá 30 dias para agendar a avaliação médica por meio do site www.meu.inss.gov.br (opção “Agendar Perícia”) ou pelo telefone 135. A estimativa é que 170 mil benefícios por incapacidade temporária passem por essa nova revisão.

As regras constam da Portaria 914, publicada no Diário Oficial da União desta segunda-feira (09/08), que trata do Programa de Revisão dos Benefícios por Incapacidade (PRBI).

>>FGTS: descubra qual tipo de saque pode ser feito para antecipar dinheiro

Essas avaliações se somarão a outras 732.586 convocações feitas pelo órgão, que atualmente tem mais dois programas de pente-fino em andamento (revisão administrativa e revisão de rotina dos Benefícios de Prestação Continuada).

Segurado poderá escolher a agência

O segurado poderá escolher a agência da Previdência Social para fazer o exame, independentemente daquela que mantém seu benefício. Além disso, caso não possa comparecer no dia agendado, será permitida uma única remarcação por iniciativa do interessado, que deverá ser justificada. Esse pedido deverá ser feito até um dia antes da data prevista para a avaliação médica.

>>INSS: entenda como funciona a proposta do 14º salário para aposentados

No dia agendado para o exame, o segurado receberá uma senha na agência com a seguinte especificação: “Perícia Médica em Benefício Selecionado por Campanha Revisional“.

Se o exame não puder ser realizado por indisponibilidade no local de atendimento, caberá à agência remarcar a perícia, sem que a pessoa precise pedir.

>>Justiça permite a troca de benefícios do INSS com possibilidade de indenização

Resultado sairá no mesmo dia

De acordo com a portaria, o resultado da avaliação médica será liberado a partir das 21h do dia em que o exame for realizado. A consulta poderá ser feita pela Central 135 ou pelo Meu INSS.

Caso queira recorrer da decisão, o segurado terá 30 dias para fazê-lo.

>>Trabalhadores e inscritos do Cadastro Único podem sacar Auxílio Emergencial

Suspensão e cessação do benefício

Quem não atender à convocação do INSS para o pente-fino terá o pagamento suspenso. Se depois disso o segurado fizer o agendamento da perícia, o benefício será reativado, desde que não esteja cessado definitivamente.

PODE LHE INTERESSAR