Eclipse parcial da Lua poderá ser observado nesta madrugada

Eclipse parcial da Lua poderá ser observado nesta madrugada
Eclipse parcial da Lua poderá ser observado nesta madrugada

Eclipse parcial da Lua poderá ser observado nesta madrugada.

Um eclipse parcial da Lua poderá ser observado na madrugada desta sexta-feira (19/11). É também chamado de eclipse de microlua, quando o satélite está no ponto mais afastado da órbita ao redor da Terra.

>>Auxílio Brasil: saiba como consultar parcelas pelo Caixa Tem

“Isso acontece porque o caminho que a Lua percorre no entorno da Terra é uma elipse, ou seja, uma circunferência levemente achatada. Como ela está mais longe da Terra que a Lua cheia média, acaba ficando aparentemente menor, cerca de 7%’’, explica o professor do Instituto Federal de Santa Catarina Marcelo Schappo.

Mesmo sendo microlua, o eclipse poderá ser observado totalmente na América do Norte e em alguns países da América do Sul. Aqui no Brasil, apenas o início do fenômeno poderá ser observado, previsto para às 4h20, no horário de Brasília. O ápice deve ocorrer por volta das 6h, horário de Brasília.

>>Pix deverá ser ampliado para operações internacionais e sem internet

As cidades do centro-norte do país terão melhores condições de visibilidade, entre elas as capitais Manaus, Rio Branco, Porto Velho, Boa Vista e Cuiabá. Isso porque nesses locais a Lua se põe após o ápice do eclipse, explica Schappo.

Os moradores de Macapá, Belém e Campo Grande também poderão acompanhar parte do fenômeno. Já quem mora nas cidades da faixa litorânea do país, dificilmente observará o obscurecimento lunar.

>>Pagamento do Auxílio Brasil: presidente da Caixa explica detalhes do programa

Marcelo Schappo destaca ainda que próximo do momento do ápice, a Lua poderá ser vista em tom levemente avermelhado ou alaranjado. Segundo o doutor em Física, isso ocorre “porque a luz do Sol interage com a atmosfera terrestre e é desviada para dentro da sombra do nosso planeta, atingindo a Lua. Porém, no processo de interação com a atmosfera, as colorações avermelhadas da luz do Sol passam com maior intensidade.’’

Embora os eclipses lunares – alinhamento do Sol, Terra e Lua –  sejam considerados raros, nesse caso a sombra da Terra encobrirá cerca de 97% da Lua, por isso é considerada parcial e é um pouco mais frequente do que quando há a cobertura total do satélite.

>>PIS/Pasep 2022: saiba quando começa pagamento e como consultar benefício

Após o evento lunar desta sexta-feira (19/11), o próximo eclipse com boa visibilidade aqui no Brasil será uma total em maio de 2022.

Neste ano, ainda há previsão de chuva de meteoros Geminídeas, em dezembro. O ápice da visualização dos meteoros no céu noturno será na madrugada do dia 14 de dezembro.

Fonte: Agência Brasil

PODE LHE INTERESSAR