Dor no couro cabeludo? Veja as causas e a quem recorrer

Dor no couro cabeludo? Veja as causas e a quem recorrer
Dor no couro cabeludo? Veja as causas e a quem recorrer. © iStock

Dor no couro cabeludo? Veja as causas e a quem recorrer

Quase todos nós já sentimos dor ou sensibilidade no couro cabeludo, a primeira barreira física e isolamento térmico do cérebro. É uma sensação muito desconfortável, nem sempre relacionada a usar um penteado justo.

É conhecida como ‘tricodínia’ e é uma condição do couro cabeludo que faz com que o folículo piloso fique muito sensibilizado ou irritado. Além da dor, você pode sentir queimação ou picadas e outros desconfortos que fazem com que você toque ou arranhe o cabelo constantemente.

+Evite o cabelo grisalho prematuro com ingredientes naturais

É um problema mais comum do que você imagina e motivo de consulta dermatológica, que às vezes vem acompanhada de algumas formas de alopecia.

O cabelo é composto principalmente de uma proteína chamada queratina, que é a mesma proteína de que as unhas são feitas e que se estrutura na forma de escamas sobrepostas, como as telhas de um telhado. O que causa a sensação de dor no cabelo são as terminações nervosas localizadas na raiz do folículo piloso chamadas ‘nociceptores’, cuja posição natural é a mesma direção em que o cabelo cresce.

+Os 3 principais hidratantes caseiros para cabelos crespos

Em princípio, essas terminações não devem ser pressionadas em condições normais de cabelo e couro cabeludo saudáveis, mas se essas condições forem alteradas tanto fisicamente quanto por agentes químicos ou infecciosos, serão ativadas causando coceira, ardência ou dor, dependendo o grau de alteração.

Temos cerca de 600 terminações nervosas no couro cabeludo que são ativadas por uma infinidade de estímulos: frio, calor, pressão, emoções, estresse, poluição, xampus, tratamentos químicos (tinturas, alisantes, permanentes), etc. Quando ativados, eles liberam neuromediadores que transmitem mensagens através do sistema nervoso central para o cérebro, onde a mensagem é traduzida e a ‘ solução ‘ é ordenada. Resumindo: dói ou coça, depois tocar ou coçar.

+Cabelo caindo muito? Veja o que pode ser e como tratar

Como posso saber se tenho alta sensibilidade

Cerca de 60% das mulheres e 40% dos homens têm couro cabeludo sensível, uma situação que pode ser aliviada com os cuidados adequados.

Como já dissemos, o couro cabeludo tem uma infinidade de terminações nervosas e pode acontecer que você sinta coceira (prurido), aperto, coceira, dor, etc.

+Infusão de gengibre com limão: propriedades e benefícios

Formigamento e vermelhidão são outros sintomas de um couro cabeludo sensível. Se eles se tornarem graves, você pode ter um couro cabeludo hiper-responsivo ou hipersensível.

Esses sintomas podem ser causados ​​por uma doença (patologia) do couro cabeludo: queda, descamação, dermatite, etc. Mas se esses sintomas surgem isoladamente, não o encontramos com um couro cabeludo sensível. Consultar um dermatologista é a melhor opção.

Poucos sabem que o médico especialista em patologias capilares é o dermatologista, e dentro da área da dermatologia existem dermatologistas especializados em medicina capilar, ou seja, dermatologistas de tricologia.

+Dez óleos essenciais que você deve conhecer e aproveitar

Possíveis motivos

A tricodínia é considerada de origem multifatorial. Alguns estudos associaram desconforto no couro cabeludo a sono insuficiente, ciclo menstrual e outras alterações hormonais. Deficiências nutricionais ou distúrbios metabólicos podem fazer com que apareçam, assim como ansiedade ou depressão.

Mas existem muitos outros motivos relacionados ao nosso dia a dia que podem causar essa dor. Por exemplo, o uso de capacetes (motocicleta, bicicleta ou para ouvir música) por muito tempo ou xampus agressivos, também podem causar dor e desconforto na parte superior da cabeça. Uma dieta desequilibrada, a exposição a certas condições climáticas, poluição ou estresse podem causar sensibilidade na área do couro cabeludo.

+Elimine os piolhos com estes remédios caseiros

As causas mais preocupantes

De todas as causas, existem três que você deve consultar com o especialista:

Infecções como foliculite e carbúnculo (Staphylococcus aureus) podem afetar os folículos capilares, tornando o couro cabeludo sensível e quente ao toque, sendo mais frequente em pessoas com diabetes, com doenças de pele como eczema ou que tenham o sistema imunológico mais fraco.

+5 remédios caseiros para eliminar a caspa definitivamente

A dermatite seborréica é uma reação alérgica da pele que gera sintomas como vermelhidão, coceira e descamação da pele, que podem ser acompanhados pelo aparecimento de caspa e bolhas. Pode ocorrer devido ao contato com coisas comuns como metais, sabonetes, cosméticos, shampoos, tratamentos cosméticos… e até mesmo água.

Em alguns casos, a dor de cabeça também pode causar dores no couro cabeludo, especialmente quando é causada por estresse, depressão ou ansiedade, e também pode causar tensão muscular.

PODE LHE INTERESSAR