Diga adeus à barriga com esta receita natural para eliminar gordura localizada

Diga adeus à barriga com esta receita natural para eliminar gordura localizada
Diga adeus à barriga com esta receita natural para eliminar gordura localizada © Shutterstock

Diga adeus à barriga com esta receita natural para eliminar gordura localizada.

As mulheres tendem a ter uma barriga protuberante que as torna muito desconfortáveis, especialmente quando entram na menopausa. Já os homens têm a chamada “barriga de cerveja”.

>>Abdômen chapado: 5 truques para ter uma barriga lisa

São vários os motivos que podem levar à formação dessa barriga indesejada, como a genética ou o sedentarismo (falta de atividade física). Além disso, se você está acostumado a praticar atividades físicas regularmente e depois decidir parar, seu corpo ficará flácido e você começará a armazenar mais gordura.

A gordura localizada dá sensação de inchaço e afeta a autoestima, principalmente quando você quer usar uma roupa um pouco justa e não lhe cabe.

>>Receita rápida e fácil de Nuggets de atum caseiro; passo a passo

Mas por que essa receita funciona? A argila verde estimula a circulação sanguínea e combate o acúmulo de gordura no corpo, eliminando a gordura localizada e a retenção de líquidos. Além disso, este remédio natural vai devolver firmeza e elasticidade à pele, sem contraindicações. Aqui está a receita:

Ingredientes

  • Gelatina incolor: 1 folha
  • Água quente: 1 xícara de chá
  • Argila verde: 200 gramas
  • Água fria

>>Poderosos: conheça os melhores óleos vegetais para cuidar da sua pele

Preparação

1. Dissolva a folha de gelatina em água quente.
2. Adicione a argila verde e deixe descansar por 1 hora.
3. Coloque a mistura no liquidificador.
4. Adicione a água fria para formar um creme.
5. Aplique o creme na barriga ou na região onde há gordura localizada e cubra com papel transparente.
9. Deixe o creme agir por 40 minutos e mexa com água morna.
Faça este tratamento duas vezes por semana.

Importante:  As informações apresentadas neste artigo não substituem a opinião de um profissional de saúde.

PODE LHE INTERESSAR