Dicas secretas para aumentar seu score e ter seu crédito ou empréstimo aprovado

Dicas secretas para aumentar seu score e ter seu crédito ou empréstimo aprovado
Dicas secretas para aumentar seu score e ter seu crédito ou empréstimo aprovado

Dicas secretas para aumentar seu score e ter seu crédito ou empréstimo aprovado.

Se você está em busca de um empréstimo pessoal online, já deve imaginar que seu score de crédito é um ponto fundamental para a aprovação e liberação, não é mesmo?

Órgãos de proteção ao crédito, como é o caso do SPC Brasil e Serasa Experian são os responsáveis por acompanhar e classificar cada consumidor de acordo com sua prática de compras e pontualidade na hora dos pagamentos.

É dessa forma que uma pontuação será gerada, informando as empresas que concedem crédito, se o perfil é de confiança ou não.

Se o seu score estiver baixo, é muito provável que sua solicitação de empréstimo pessoal seja negada. Esse processo é o mesmo que acontece no momento de solicitar um novo cartão de crédito.

O que percebemos é que muitos de nossos leitores têm o interesse de saber como é possível aumentar o score para conseguir aprovações de empréstimo pessoal online, solicitar novos cartões de crédito e outros tipos de serviços financeiros.

Continue essa leitura, você aprenderá 5 dicas (secretas) e totalmente garantidas para aumentar seu score!

Veja também: Como aumentar score e fazer Cartão de Crédito com limite alto

Antes, vamos entender como funciona a classificação do score!

Como é calculado o score de crédito?

O score é calculado em uma escala de 1 a 1000, onde:

  • 0-200: Risco muito alto de inadimplência;
  • 201-400: Alto Ricos de inadimplência;
  • 401-700: Médio risco de inadimplência;
  • 701-900: Baixo risco de inadimplência;
  • 901-1000: Risco muito baixo de inadimplência.

Para gerar esses dados são analisados o comportamento de crédito do consumidor, ou seja:

  • Se há o costume de pagar as contas em dia ou se sempre são pagas com atraso;
  • A quantidade de solicitações de crédito feitas;
  • O relacionamento estabelecido entre os bancos e as financeiras;
  • A situação do CPF.

O que pode fazer baixar seu score?

Por mais que seu nome não esteja sujo, algumas práticas que podem parecer “bobas”, causam a redução da pontuação do score.

Por exemplo, atrasar o pagamento das contas ou não ter nenhuma conta no nome do solicitante é um problema. Além disso, sair solicitando crédito ou diversos empréstimos pessoais, também desperta o alerta de que algo está errado.

São ações que não irão negativar seu CPF, mas fazem com que pontos sejam perdidos, entende?

Por isso, queremos ajudar você a manter sua pontuação sempre em alta!

5 dicas (secretas) para aumentar seu score e ter seu empréstimo pessoal online aprovado! – COMPROVADO

Queremos que você entenda que estar com o nome limpo não significa que seu empréstimo pessoal será aprovado. Isso porque, se você não for reconhecido como um cidadão com contas em seu nome, não será possível a aprovação.

Veja abaixo 5 dicas que ajudarão a aumentar seu score.

Dica 1 – Procure pagar suas contas adiantadas

Todas as contas que estiverem em seu nome, procurem pagar sempre de forma adiantada, sem deixar atrasar.
Claro que pagar as contas no dia de seu vencimento já ajuda muito, mas se você puder pagar de forma antecipada, terá um plus muito maior e fará com que sua pontuação suba.

Isso acontece, pois, os bancos e as empresas de créditos passam a classificar você como um cliente de confiança.

Dica 2 – Não solicite crédito sem necessidade

Se você não precisa de um novo cartão de crédito ou se não quer um empréstimo pessoal, não faça a solicitação só para saber se ocorrerá ou não a aprovação.

Muitos consumidores acabam solicitando esse tipo de crédito para verificar se está tudo ok com seu nome e não sabem que isso tira pontos.

Atualmente, é possível fazer consultas gratuitas para verificar o status de seu CPF e qual o seu score através do site Serasa Consumidor e nos demais birôs de crédito, como SPC Brasil, Quod e Boa Vista.

Enfim, não há necessidade alguma de fazer testes.

Dica 3 – Se tiver dívidas, negocie. (mesmo que elas já estejam vencidas)

Essa dica é muito valiosa e poucos consumidores dão atenção a isso.

O que acontece é que quando uma empresa ou instituição financeira negativa seu nome, se não for colocado em dívida ativa ou registro em cartório, ela irá “sumir” após 5 anos.

O problema é que ela some apenas do cadastro geral. Para aquela empresa que ficou sem receber, seu nome entra em um cadastro de não pagadores e ela pode recusar a solicitação de crédito sem motivo.
Apesar de ser uma prática que não deveria acontecer, muitas empresas a fazem.

Dica 4 – Autorize seu cadastro positivo

Criado para acelerar a concessão de crédito, o Cadastro Positivo é uma ótima opção para quem quer que o comercio, os bancos e as instituições financeiras vejam que o fluxo de pagamentos é constante e pontual.

Antes, era necessário ativar o cadastro positivo. Agora, o governo garante que a ativação será automática e pouco a poucos, todos os CPF estarão inscritos.

Pelo site do Serasa Consumidor, você consegue verificar se sua inscrição já foi realizada. Senão, você pode ativar seguindo o passo a passo.

Dica 5 – Opte pelo uso do cartão de crédito

Se você tem o hábito de pagar contas no debito automático, você pode utilizar o cartão de crédito como forma de movimentação financeira, apenas para mostrar ao sistema que você é um bom pagador.

O Nubank, por exemplo, permite que você feche a fatura de seu cartão a qualquer momento. Ou seja, você pode pagar uma conta usando esse método de pagamento e logo em seguida, já fazer a quitação.

É só um jeito de movimentar e ativar o alerta de bom pagador no Cadastro positivo, entende?

O que você achou das dicas? Deixe sua opinião nos comentários

Fonte: Seu Crédito Digital

PODE LHE INTERESSAR