Dataprev vai liberar análise de 10,7 milhões de pedidos do Auxílio Emergencial

Dataprev vai liberar análise de 10,7 milhões de pedidos do Auxílio Emergencial
Dataprev vai liberar análise de 10,7 milhões de pedidos do Auxílio Emergencial – Foto: Reprodução

 

Dataprev vai liberar análise de 10,7 milhões de pedidos do Auxílio Emergencial.

A Dataprev informou nesta terça-feira (02/06) que concluirá até o fim desta semana a análise de 10,7 milhões de pedidos da primeira parcela do auxílio emergencial de R$ 600.

Do total, 1,5 milhão se refere a cadastros finalizados no sistema da Caixa Econômica Federal, em abril, e 9,2 milhões entre 1º e 28 de maio. Destes, 3,7 milhões tinham apresentado resultado inconclusivo por inconsistência de dados e foram refeitos pelos trabalhadores.

Veja também: Auxílio Emergencial: Caixa libera transferências e saques para novo grupo de beneficiários

Prazo para pagamento

Os dados serão transmitidos pela Dataprev à Caixa, que terá prazo de dois dias úteis para iniciar os pagamentos a quem tiver direito, por ordem de mês de nascimento. Para receber a segunda parcela, esses trabalhadores terão que esperar por mais 30 dias a contar da data do crédito.

Leia também: Consulte situação do seu Auxílio Emergencial e evite cair no golpe do CPF

O presidente da Caixa, Pedro Guimarães, disse que o banco já pagou o auxílio a todos que tiveram o cadastro analisado pela Dataprev e homologado pelo Ministério da Cidadania.

Nas contas da Caixa, o universo de trabalhadores que está à espera da primeira parcela do benefício é de 11 milhões, sendo que 5,7 milhões fizeram a primeira solicitação e 5,3 milhões, recadastramentos, em segunda e terceira análise pela Dataprev.

Os pedidos podem ser feitos no aplicativo da Caixa até três de julho. Quem atender os requisitos da lei receberá todas as três parcelas, ainda que o cadastro seja feito na última hora.

Leia também: Aprenda como pedir prorrogação do auxílio do INSS durante a pandemia

Segundo o banco, 58,6 milhões de pessoas já receberam o auxílio, somando R$ 76,6 bilhões, considerando a primeira e segunda parcela. Os saques referentes à segunda parcela podem ser feitos nas agências do banco até 13 de junho, conforme o mês de nascimento. Nesta quarta-feira (03/06), sacam os nascidos em abril.

Fonte: O Globo

PODE LHE INTERESSAR