Coronavírus: mais de 870 mil pessoas são consideradas curadas da doença

Coronavírus: mais de 870 mil pessoas são consideradas curadas da doença
Coronavírus: mais de 870 mil pessoas são consideradas curadas da doença

 

Coronavírus: mais de 870 mil pessoas são consideradas curadas da doença.

Segundo o boletim divulgado no final da tarde de hoje (04/07) pelo Ministério da Saúde, o Brasil registrou até o momento 1.577.004 casos de covid-19.

Destes, 64.265 casos resultaram em óbito – 1.091 registrados nas últimas 24 horas. O número de pessoas recuperadas é de 876.359.

Anvisa libera testes de nova vacina contra o coronavírus no Brasil

Entre os estados, São Paulo continua com o maior número de casos até agora, 312.530; seguido pelo Ceará (120.952) e Rio de Janeiro (120.440). Em número de mortes, no entanto, o Rio de Janeiro, com 10.624, ultrapassa o Ceará, que teve 6.411 óbitos até o momento. Também nesse quesito, São Paulo registra o maior número, com 15.996 mortes.

Entre os estados com menos registros, o Mato Grosso do Sul é a área de menor incidência, com 9.910 casos e 114 mortes. Tocantins, com 12.282 casos e 215 mortes, vem em seguida.

Brasil anuncia acordo para produção de vacina contra Covid-19

Reabertura gradual

Apesar dos números nacionais, algumas cidades estudam a volta gradual da rotina. Na cidade de São Paulo, o prefeito Bruno Covas assinou os protocolos para reabertura dos setores de bares, restaurantes, estética e beleza na cidade.

No Rio de Janeiro, a reabertura de bares levou muita gente para a rua durante o primeiro dia de liberação. Ontem (03/07), após medidas punitivas, os estabelecimentos da cidade tomaram atitudes para diminuir as aglomerações.

Planos de Saúde terão que cobrir teste sorológico de Coronavírus

 Já no Distrito Federal, o governador Ibaneis Rocha assinou decreto com o calendário de abertura de bares e escolas. O DF registra, até o momento, 55.760 casos diagnosticados e 671 mortes.

Veja mais