Caso raro: bebê brasileiro nasce com cauda e bola na ponta

Caso raro: bebê brasileiro nasce com 'cauda' e 'bola' na ponta
Caso raro: bebê brasileiro nasce com ‘cauda’ e ‘bola’ na ponta

Caso raro: bebê brasileiro nasce com cauda e bola na ponta.

Um caso raríssimo de um bebê que nasceu com uma cauda de 12 centímetros e uma bola na extremidade chamou a atenção do corpo médico do Hospital Infantil Albert Sabin, em Fortaleza. O bebê nasceu prematuro, de 35 semanas, no início deste ano. O caso foi reportado pelo  Journal of Pediatric Surgery Case Reports.

>>Vai ter pagamento do 14º salário do INSS em 2021? Décimo (13º) foi antecipado

Médicos explicaram que todos os bebês desenvolvem uma cauda embrionária no útero entre quatro a oito semanas de gestação. Ela é reabsorvida pelo corpo, mas, no caso desse bebê, seguiu crescendo, chegando a 12 cm. Já a bola na extremidade, media 4 cm.

Exames foram feitos e nenhuma alteração no quadro neurológico do bebê foi constatada. Ele também não tinha outras alterações sistêmicas além do apêndice cutâneo. Por esse motivo, a remoção foi simples.

>>14,6 milhões de famílias começam a receber Auxílio Brasil este mês

Apenas cerca de 40 casos como o deste bebê foram registrados até hoje na medicina.

Fonte: iG – Último Segundo

PODE LHE INTERESSAR