Canais por assinatura terão sinais liberados por causa do coronavírus

Canais por assinatura terão sinais liberados por causa do coronavírus
Canais por assinatura terão sinais liberados por causa do coronavírus – Imagem: Getty Images/iStockphoto

 

Canais por assinatura terão sinais liberados por causa do coronavírus. Mesmo quem não é assinante dos pacotes estendidos, já pode consumir os principais canais lineares da Globo que estão abertos em toda a base nas principais operadoras do país (Claro, Sky e Oi).

Desse modo, a ação é uma iniciativa de utilidade pública, diante do cenário atual de reclusão nas principais regiões do país diante da iminência do vírus Covid-19.

Veja também: Aprenda como se proteger do Coronavírus (COVID-19) – existe tratamento?

Quais canais serão liberados?

A Vivo vai liberar o sinal ainda hoje. Independentemente do pacote contratado, o assinante tem à disposição conteúdos para toda a família.

Os canais liberados são: Gloob, Gloobinho, Canal Brasil, Multishow, GNT, SporTV, SporTV 2 e SporTV 3, GNT, VIVA, Universal TV, Studio Universal, Syfy, Telecine Premium, Telecine Action, Telecine Fun, Telecine Touch, Telecine Pipoca, Telecine Cult, Megapix, Mais Globosa, BIS e OFF, além da GloboNews que traz ao longo de todo o dia uma ampla cobertura sobre o vírus.

Ao todo, vão se beneficiar com esse movimento cerca de 6 milhões de assinantes, entre clientes pré e pós pago. O Globoplay também disponibiliza a partir de hoje, durante 30 dias, diversos conteúdos para não assinantes.

Então, para entreter a criançada, mais de 30 títulos infantis como “Detetives do Prédio Azul”, “Escola de Gênios”, Mya Go, Bob Zoom, Valentins e Dr. Calça Dimensional estarão abertos.

Além desses produtos, séries como “Shippados” e todas as temporadas de ‘Malhação’ também estarão disponíveis para toda família em uma página agregadora na plataforma que irá reunir todos os conteúdos.

Portanto, a Disney e Nat Geo Kids, ESPN, além das opções de entretenimento da FOX e National Geographic, também tiveram seus sinais abertos

Veja também: Bolsa Família: Governo quer ampliar o benefício pelo avanço do coronavírus

Fonte: Extra

PODE LHE INTERESSAR