Calendário: pagamento da 5ª parcela do Auxílio 2021 tem data para começar

Calendário: pagamento da 5ª parcela do Auxílio 2021 tem data para começar
Calendário: pagamento da 5ª parcela do Auxílio 2021 tem data para começar

Calendário: pagamento da 5ª parcela do Auxílio 2021 tem data para começar.

Governo Federal anunciou o calendário de transferências e saques da prorrogação do Auxílio Emergencial 2021, que terá início em 20 de agosto para os trabalhadores que se cadastraram pelos meios digitais e para os que integram o Cadastro Único. Nessa data, receberão o benefício os aniversariantes de janeiro.

>>Pente-fino pode cortar benefícios durante pagamentos do Auxílio Emergencial

O detalhamento do cronograma de pagamento das três parcelas, que serão pagas neste mês, em setembro e em outubro, foi feito em evento realizado nesta quinta-feira (12/08), no Palácio do Planalto, com as presenças do presidente da República, Jair Bolsonaro, do ministro da Cidadania, João Roma, e do presidente da Caixa, Pedro Guimarães.

“Quando for concluído o pagamento da quinta, da sexta e da sétima parcelas, nós teremos então o novo programa social, o Auxílio Brasil, que terá reajuste de no mínimo 50% do valor médio que se paga atualmente no Bolsa Família”, adiantou o presidente Jair Bolsonaro.

>>Conheça o Auxílio Brasil, programa que vai substituir o Bolsa Família

João Roma destacou o esforço do Governo Federal para operacionalizar o Auxílio Emergencial este ano. “Foi um grande empenho de todos para fazer a execução do benefício, com a aprovação da PEC Emergencial pelo Congresso Nacional”, pontuou o ministro da Cidadania.

Nas parcelas anteriores do Auxílio Emergencial 2021, o cronograma de transferências e saques acabou sendo antecipado no decorrer do processo. Desta vez, o calendário apresentado é definitivo.

“Nas quatro primeiras parcelas, tínhamos um tempo hábil muito curto, mas, mesmo assim, com o empenho de todos, conseguimos fazer a antecipação. Já no caso atual, conseguimos prazo maior de planejamento. Não haverá necessidade de antecipação porque o calendário já está bem consolidado”, explicou João Roma.

>>Caixa libera saque da 4ª parcela do Auxílio Emergencial para mais beneficiários

Quinta parcela do Auxílio Emergencial

A quinta parcela do Auxílio Emergencial 2021 começará a ser paga em 20 de agosto para os aniversariantes de janeiro e segue, quase que diariamente, para os nascidos nos meses subsequentes, terminando em 31 de agosto com as transferências para quem nasceu em dezembro. O calendário de saques da quinta parcela vai de 1 a 20 de setembro.

As transferências da sexta parcela vão de 21 de setembro a 3 de outubro, enquanto os saques serão realizados de 4 a 19 de outubro. Já o pagamento da sétima parcela vai de 20 a 31 de outubro, com saques no período de 1 a 19 de novembro.

Os integrantes do Bolsa Família recebem o Auxílio Emergencial conforme o calendário habitual do programa. Eles terão a quinta parcela ainda mais cedo que os demais públicos. Em agosto, as transferências começam no dia 18 (quarta-feira). Na data, será pago o benefício a quem tem o Número de Identificação Social (NIS) final 1.

>>Trabalhadores devem receber lucro do FGTS em agosto

Prorrogação

No dia 5 de julho o Decreto 10.740 prorrogou por três meses o pagamento do Auxílio Emergencial 2021, com parcelas em agosto, setembro e outubro. Originalmente eram quatro parcelas.

A fim de custear os gastos com a concessão e a operacionalização da prorrogação do Auxílio Emergencial 2021, o presidente Jair Bolsonaro editou a Medida Provisória nº 1.056, que abriu crédito extraordinário de R$ 20,27 bilhões em favor do Ministério da Cidadania.

>>Microempreendedor individual tem até fim do mês para pagar dívidas

O Auxílio Emergencial 2021 é limitado a uma pessoa por família. Mulher chefe de família monoparental tem direito a R$ 375, e indivíduo que mora sozinho (família unipessoal) recebe R$ 150. A cota para os demais é de R$ 250.

Somando as quatro etapas de pagamentos realizadas até o momento, o investimento do Governo Federal já superou R$ 35 bilhões, incluindo todos os públicos (meios digitais, CadÚnico e Bolsa Família). Foram 150,45 milhões de transferências, com 39,4 milhões de pessoas elegíveis.

Calendário da 5ª parcela do Auxílio Emergencial 2021

auxílio emergencial

PODE LHE INTERESSAR