Caixa revela como serão feitos pagamentos da segunda etapa do auxílio emergencial

Caixa revela como será pagamentos da segunda etapa do auxílio emergencial
Caixa revela como serão feitos pagamentos da segunda etapa do auxílio emergencial – Foto: Reprodução / Seu Crédito Digital

Caixa revela como serão feitos pagamentos da segunda etapa do auxílio emergencial.

A Caixa detalhou na última sexta-feira (15/05) o pagamento da segunda etapa do auxílio emergencial. Segundo informou o presidente da Caixa, Pedro Guimarães, o pagamento será feito de acordo com o mês de nascimento e em dias diferentes dos depósitos da segunda parcela, para evitar filas nas agências.

Entre os novos beneficiários estão trabalhadores que tiveram a análise inconclusiva e puderam refazer o pedido pelo site ou aplicativo da Caixa.

Leia também: Governo cria site para quem recebeu auxílio indevidamente devolver o dinheiro

Confira o calendário de saque do novo lote da primeira parcela 

Mês de nascimento x data de liberação

  • Janeiro – 19 de maio (terça)
  • Fevereiro – 20 de maio (quarta)
  • Março – 21 de maio (quinta)
  • Abril – 22 de maio (sexta)
  • Maio, junho e julho – 23 de maio (sábado)
  • Agosto – 25 de maio (segunda)
  • Setembro – 26 de maio (terça)
  • Outubro – 27 de maio (quarta)
  • Novembro – 28 de maio (quinta)
  • Dezembro – 29 de maio (sexta)

No último sábado (16/05), a Caixa abriu algumas agências para liberar R$ 246 milhões referentes à primeira parcela do auxílio emergencial para 405 mil pessoas.

O valor pode ser movimentado pelo Caixa Tem, para quem tem conta digital, e pelos outros bancos, para quem recebe em outra conta bancária.

Leia também: Para alguns, só será possível sacar a 2ª parcela do auxílio a partir desta data

Desde 7 de abril, mais de 59 milhões de pessoas foram aprovadas para o benefício de até R$ 1,2 mil, no caso de mães chefes de família.

Segunda parcela

O pagamento da segunda parcela do auxílio emergencial será feito nesta semana, também por mês de nascimento.

A Caixa vai abrir 60 milhões de contas digitais para fazer os pagamentos do auxílio emergencial. Ficam de fora os beneficiários do Bolsa Família, que continuam a receber o valor por meio do cartão do benefício do do Cartão Cidadão.

Com informações de Gaucha ZH

PODE LHE INTERESSAR