Bolsa Família: mais de 3,75 milhões inscritos passam a receber valores em contas digitais

Décimo terceiro (13º) do Bolsa Família deverá entrar na LOA
Foto- Reprodução

A Caixa Econômica Federal informou que 3,75 milhões de inscritos já passaram a receber o pagamento mensal do programa Bolsa Família por meio de poupanças sociais digitais. Neste mês, serão abertas contas para os trabalhadores com Número de Identificação Social (NIS) de finais 3, 4 e 5. Até março, nove milhões de famílias passarão a receber o benefício por meio desse tipo de crédito.

>>Saiba o que muda para concessão do BPC em 2021; veja como e onde requerer

Segundo o Ministério da Cidadania, o beneficiário poderá movimentar o dinheiro pelo aplicativo Caixa Tem, além de realizar saques e fazer pagamentos digitais. Mas o governo informou que, embora as contas sejam criadas, os beneficiários poderão continuar sacando os recursos também por meio do cartão do Bolsa Família ou do Cartão Cidadão.

No mês de janeiro, ao todo, 14,23 milhões de famílias receberam o dinheiro do programa social, com liberação de R$ 2,7 bilhões.

>>PROUNI: resultado da 2ª chamada já tem data para acontecer

Na primeira etapa do cadastramento, em dezembro de 2020, foram abertas 1,5 milhão de contas sociais para os que tinham NIS com finais 9 e 0, seguindo a data de crédito regular do benefício. Em janeiro deste ano, mais 2,2 milhões de famílias receberam os recursos por meio da poupança social digital.

A abertura das contas digitais ocorre de forma automática pela Caixa, sem que o beneficiário precise levar documento às agências. Segundo o governo, com a conta aberta, o beneficiário não precisa sacar totalmente o dinheiro. Pode retirar a quantia de forma escalonada e utilizar o cartão virtual para pagamentos. Ou seja, movimenta o benefício pelo aplicativo de celular.

>>Liberado acesso à nova ponte sobre a travessia do Rio São Francisco

Como movimentar a conta

A conta poupança social digital é uma poupança simplificada, sem tarifas de manutenção, com limite mensal de movimentação de R$ 5 mil. Para utilizá-la, não é preciso gerar uma nova senha. O beneficiário poderá usar a mesma cadastrada para o cartão social.

Logo após o crédito dos valores, é possível realizar compras em supermercados, padarias, farmácias e outros estabelecimentos com o cartão de débito virtual ou o QR Code, por meio de mais de nove milhões de maquininhas de cartão espalhadas pelo Brasil.

>>Consulte o resultado do FIES 2021 seguindo este passo a passo

O beneficiário também pode realizar o pagamento de contas de água, luz, telefone, gás e boletos pelo aplicativo ou nas casas lotéricas, clicando na opção “Pagar na Lotérica” do Caixa Tem.

A poupança social digital foi criada, inicialmente, para o pagamento do auxílio emergencial e, em outubro, foi sancionada a lei que transformou a conta em uma modalidade permanente. Mais de cem milhões já foram criadas.

Fonte: Extra Online

PODE LHE INTERESSAR