Barcos do INSS retomarão missões no Amazonas na próxima segunda-feira

Foto: Agência Brasil

As viagens dos dois barcos do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) no Amazonas serão retomadas na próxima segunda-feira (22), após ficarem um mês sem realizarem suas missões por causa da pandemia de Covid-19. As viagens foram suspensas m 19 de janeiro, por causa do agravamento da pandemia no estado.

>>Como saber se CPF foi usado por terceiros? Entenda

Segundo o INSS, o PrvBanco AM 1 recomeça a circular no município de Boca do Acre. Já o PrevBarco AM 2 retomará os trabalhos no município de Guajará.  Apesar do atraso de um mês no cronograma, as embarcações cumprirão o roteiro de viagens a todas as localidades agendadas, bastando acrescentar cerca de 30 dias às datas anteriores.

Protocolo sanitário nos PreviBarcos

Com o objetivo de  prevenir o contágio pelo novo coronavírus nos PrevBarcos, o INSS organizou um protocolo sanitário de proteção e de distanciamento social nas embarcações da seguinte forma:  os guichês de atendimento e as mesas dos médicos peritos ganharam anteparos de acrílico. Além disso, os funcionários recebem máscaras, aventais e luvas descartáveis.

>>Jovens do Cadastro Único serão inseridos no mercado de trabalho; saiba como

Na hora do atendimento, os segurados do INSS fazendo o devido uso de máscaras faciais, esperam a vez fora da embarcação, em espaços externos, sob o abrigo de tendas ou ao ar livre, com cadeiras distanciadas entre si.  Outro cuidado é a higienização frequente, com oferta de álcool em gel nos barcos e as demais instalações.

Além das duas unidades no Amazonas, o INSS tem três barcos que prestam os mesmos serviços de uma agência fixa. O órgão tem dois PrevBarcos no Pará e um em Rondônia. Juntos, os barcos podem atender até 300 pessoas por dia.

>>Renda Família é aprovado no valor de R$ 300; saiba quem tem direito

Sobre o INSS

INSS é uma abreviação de Instituto Nacional do Seguro Social, órgão do Ministério da Economia criado por Fernando Collor de Mello em 1990 com o propósito de operacionalizar o reconhecimento dos direitos dos segurados da Previdência Social. Ele é responsável por controlar e executar o pagamento das aposentadorias, além de gerenciar os benefícios para os contribuintes da Previdência Social.

PODE LHE INTERESSAR