Auxílio Emergencial terá mais quatro parcelas de R$ 300, confirma Bolsonaro

Auxílio Emergencial terá mais quatro parcelas de R$ 300, confirma Bolsonaro
Auxílio Emergencial terá mais quatro parcelas de R$ 300, confirma Bolsonaro – Foto: Charles Fábion / N1

Auxílio Emergencial terá mais quatro parcelas de R$ 300, confirma Bolsonaro.

A espera acabou: o presidente Jair Bolsonaro anunciou, nesta terça-feira (dia 1º), a prorrogação do Auxílio Emergencial em mais quatro parcelas de R$ 300. A decisão foi tomada após reunião com líderes partidários no Palácio da Alvorada e entrará em vigor após a publicação de uma medida provisória (MP).

FGTS e auxílio liberam novas parcelas pela Caixa – veja quem recebe

O valor definido agora é um pouco superior a 50% do valor do salário mínimo, ou melhor, do Bolsa Família. Então, nós decidimos aqui, até atendendo a economia, em cima da responsabilidade fiscal, fixá-lo em R$ 300 — disse Bolsonaro.

Conheça a proposta que altera o Bolsa Família e cria novo programa com pagamentos de até R$ 1.200/mês

Auxílio emergencial

O Auxílio Emergencial foi criado em abril, por iniciativa do Congresso Nacional, e previa o pagamento de R$ 600 por três meses a informais, microempreendedores individuais (MEIs), autônomos e desempregados sem direito a seguro-desemprego, além dos beneficiários do Bolsa Família. No fim de junho, o benefício foi prorrogado por dois meses.

Bolsonaro diz que pretende prorrogar auxílio, mas valor não será de R$ 600

Na avaliação da equipe econômica, essas pessoas ainda precisam de apoio, mas devido ao custo elevado do programa — de cerca de R$ 50 bilhões por mês —, o valor do auxílio precisaria ser valor menor, o que vai exigir a aprovação do Congresso Nacional.

Pagamento do auxílio-doença sem perícia é ampliado pelo INSS

Segundo o Ministério da Economia, o custo do auxílio está estimado em R$ 254,4 bilhões e, até agora, já foram desembolsados R$ 212,75 bilhões.

A Caixa Econômica Federal pagou a quinta parcela do auxílio para os beneficiários do Bolsa Família em agosto. Para os demais trabalhadores, o cronograma para o saque continua em andamento.

PODE LHE INTERESSAR