Auxílio emergencial começa a liberar segunda parcela de R$ 300

Auxílio emergencial começa a liberar segunda parcela de R$ 300
Auxílio emergencial começa a liberar segunda parcela de R$ 300 – © Shutterstock

Auxílio emergencial começa a liberar segunda parcela de R$ 300

O governo divulgou o calendário do pagamento das parcelas de R$ 300 do Auxílio Emergencial nesta semana. No total, estão dentro dessa prorrogação 42,4 milhões de pessoas que não estão no Bolsa Família.

No entanto, pouco mais da metade desse total vai receber as quatro parcelas: 27 milhões de pessoas, o equivalente a 63,6%. Já o total de pessoas que vai receber apenas uma parcela é de 1,4 milhão. Veja abaixo:

+Caixa libera saques do auxílio emergencial para 4 milhões hoje

  • 27 milhões receberão as quatro parcelas de R$ 300
  • 8,1 milhões de pessoas receberão três parcelas
  • 5,9 milhões receberão duas parcelas
  • 1,4 milhão receberá uma parcela

Então, a estimativa do Ministério da Cidadania é que 5,7 milhões de pessoas que receberam as parcelas de R$ 600 não devem receber nenhuma das quatro parcelas de R$ 300.

+Sem auxílio emergencial, 6,6 milhões de casas teriam renda de R$ 12 por pessoa

Segundo o secretário-executivo do Ministério da Cidadania, Antônio José Barreto, essa redução é motivada pelas regras mais restritas para a prorrogação do pagamento benefício, além de melhorias que foram feitas no cruzamento dos dados dos beneficiários.

Beneficiário só saberá se tem direito no momento do pagamento

De acordo com o presidente da Caixa, Pedro Guimarães, o beneficiário só saberá que vai ter direito às parcelas de R$ 300 no momento do pagamento, dentro do aplicativo Caixa Tem.

+Saiba como contestar a negativa do auxílio emergencial de R$ 300

“Todos estarão recebendo dentro dos ciclos, até o último ciclo todo mundo vai receber naquele mês de acordo com o nascimento. Alguns estarão recebendo a 5ª parcela, outros da extensão, mas naqueles dias de pagamento todo mundo estará recebendo”, disse.

O presidente da Caixa explicou o pagamento das parcelas adicionais dependerá de quantas parcelas o beneficiário já recebeu. “Todo mundo recebe no mesmo dia, a única diferença é qual parcela, mas não há diferença de calendário”, afirmou.

+Auxílio emergencial será prorrogado até junho?

O beneficiário pode ainda verificar no aplicativo ou site do Auxílio Emergencial até quando está previsto para ele receber o benefício ou ainda ligar no 111 e perguntar se vai receber as parcelas adicionais de R$ 300. No entanto, a situação pode mudar, já que será feita uma reavaliação mensal dos beneficiários para verificar se eles ainda se enquadram nos critérios para receber o benefício.

Pagamentos até dezembro

As regras do chamado Auxílio Emergencial Extensão preveem que as parcelas de R$ 300 serão pagas até dezembro apenas para quem já estava recebendo as de R$ 600. Com isso, só conseguirá receber as nove parcelas – cinco de R$ 600 e quatro de R$ 300 – quem começou a receber em abril. Sendo assim, depois disso, o trabalhador terá direito a menos parcelas de R$ 300.

+Auxílio de R$300 está sendo pago para todos do Bolsa Família?

Esses trabalhadores que receberam em abril a primeira parcela do benefício original de R$ 600 receberão as quatro parcelas adicionais em setembro, outubro, novembro e dezembro. Assim, para esses beneficiários, os pagamentos começaram nesta quarta-feira (30) – veja aqui o calendário.

Mas quem recebeu até agora 4 ou menos parcelas de R$ 600 vai receber também menos parcelas de R$ 300. Isso acontece porque o pagamento das parcelas de R$ 300 começa após o término do pagamento das parcelas de R$ 600.

+298 candidatos milionários às eleições receberam auxílio emergencial

Fica assim:

  • Trabalhador que recebeu a última parcela de R$ 600 em agosto vai receber 4 parcelas de R$ 300: em setembro, outubro, novembro e dezembro
  • Trabalhador que receber a última parcela de R$ 600 em setembro vai receber 3 parcelas de R$ 300: em outubro, novembro e dezembro
  • O trabalhador que receber a última parcela de R$ 600 em outubro vai receber 2 parcelas de R$ 300: em novembro e dezembro
  • Trabalhador que receber a última parcela de R$ 600 em novembro vai receber apenas 1 parcela de R$ 300, em dezembro

+Apenas metade dos MEI do país conseguiram o auxílio emergencial de R$ 600

Então, ao todo, 48 milhões de beneficiários fora do Bolsa Família receberam o Auxílio Emergencial desde o início do programa, segundo a Caixa Econômica Federal. Assim, 56,25% dos aprovados (27 milhões) deverão receber o limite de mais quatro parcelas de R$ 300 ou R$ 600 (no caso de mães monoparentais).

+Ministro da Cidadania divulga novo calendário do auxílio emergencial

Fonte: G1

PODE LHE INTERESSAR