Alimentos que você guarda errado e nem imagina – Nutricionista ensina

Alimentos que você guarda errado e nem imagina - Nutricionista ensina
Alimentos que você guarda errado e nem imagina – Nutricionista ensina – iStock | okanmetin

 

Alimentos que você guarda errado e nem imagina – Nutricionista ensina.

Qual é a melhor forma de armazenar o leite? E os ovos, será que o espacinho reservado na porta da geladeira é realmente o mais adequado?

Após uma ida ao mercado, os produtos são tirados das sacolas e atirados em pontos certos pelos cantos da casa.

É quase uma coreografia, guiada por mero costume, herança vinda da casa dos pais e avós. Porém, dependendo de como eles são guardados, a qualidade dos alimentos pode ser seriamente afetada, segundo a nutricionista Daniela Cierro, da Associação Brasileira Nutrição.

Confira a lista:

Ovo na porta geladeira?

Segundo a nutricionista, é preciso tirar os ovos das embalagens de papelão ou isopor e colocá-los em um recipiente de plástico ou de vidro tampado.

“Deixar os ovos na porta não é adequado devido a temperatura e ao abre e fecha da geladeira. Existe o risco de romper a casca durante o movimento”, disse.

 Alho e cebola, onde guardá-los?

“Se quiser uma maior conservação, armazene na geladeira, na gaveta de legumes ou em outro recipiente fechado”, disse Daniela.

“O ar que circula dentro é contaminante também”, ressalta.  “Caso decida deixá-los no lado de fora, preste atenção em mudanças na coloração e textura”.

E a batata?

“Não precisa colocar na geladeira, mas, dependendo da temperatura da cozinha e umidade, o alimento pode ser afetado”, disse.

Manteiga no armário?

Nesse caso, segundo a especialista, é preciso checar a recomendação do fabricante na embalagem do alimento. “Tem marcas que falam que não precisa manter em geladeira, outras sim”, disse. “Quando estiver escrito ‘Manter em local fresco e arejado’ é para distanciar de locais que aquecem, como o fogão. Deve deixar em locais com temperatura mais amena”.

Veja também:

Onde guardar arroz e macarrão?

Para evitar o aparecimento de insetos, como caruncho, a dica é colocar em embalagens de vidro. “Lembre-se de guardar a embalagem do produto para acompanhar a data de validade e o número do lote”, disse a nutricionista.

Leite e derivados

Depois de aberto , o leite precisa ir para a geladeira. E não deve ser mantido na porta do eletrodoméstico. “Preste atenção no tempo que ele pode ser consumido depois de aberto e qual é a temperatura ideal para o armazenamento. É preciso também conhecer a potência da sua geladeira”, disse Daniela.

“Caso a embalagem seja do tipo que você corta as pontas, cubra com filme plástico a abertura quando for guardá-la”.

No caso do queijo, por exemplo, é importante olhar a recomendação do fabricante. Caso precise ficar em baixas temperaturas, coloque dentro de um pote fechado, de vidro, dentro da geladeira. “Não reutilize embalagens para colocar o queijo dentro, como pote de manteiga, por exemplo”, disse.

Café fica na geladeira ou no armário?

Novamente é um caso que a orientação do fabricante ditará as regras. “Tem gente que prefere armazenar na geladeira, para manter o aroma. Mas isso depende do produto, então, é melhor olhar na embalagem”, aconselha Daniela.

Açúcar

Caso você opte por deixá-lo dentro da geladeira, o açúcar pode ficar mais petrificado. Mesmo assim, deve colocar em uma embalagem fechada. “Cuidado com alguns açucareiros que têm pequenas aberturas para colher”, disse a especialista.

Caso opte por deixar o açúcar fora da geladeira, é importante que seja armazenado em um pote fechado, que evite a entrada de insetos.

Verduras

Segundo a especialista, a gaveta da geladeira é o local ideal, pois a temperatura não é tão baixa e não queima tanto o alimento. “Lembre sempre de tirar da embalagem original, a da feira ou supermercado. Lave a verdura, deixe secar e coloque em um pote fechado dentro da geladeira”, disse a nutricionista.

Fonte: Pergunte ao Doutor | Veja SP

PODE LHE INTERESSAR