Alguns beneficiários recebem até R$ 1.200 de Auxílio Emergencial – média é de R$ 846,50 por casa

Autor: Charles Fábion

Publicada em


Alguns beneficiários recebem até R$ 1.200 de Auxílio Emergencial - média é de R$ 846,50 por casa
Alguns beneficiários recebem até R$ 1.200 de Auxílio Emergencial – média é de R$ 846,50 por casa – Foto: Charles Fábion / N1

 

Alguns beneficiários recebem até R$ 1.200 de Auxílio Emergencial – média é de R$ 846,50 por casa.

O Auxílio Emergencial chegou a 38,7% dos domicílios brasileiros em maio. É o que aponta a Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (Pnad) Covid-19 realizada pelo IBGE para estimar os impactos da pandemia do novo coronavírus na saúde e no mercado de trabalho do país. No Norte e no Nordeste, o percentual superou os 50% de lares.

++Renda Brasil será permanente e vai unificar Bolsa Família, Abono Salarial e Seguro-Defeso

++Decreto altera Cadastro Único para novo grupo ter direito ao auxílio

O valor médio do benefício foi de R$ 846,50 por residência no país. São 26,3 milhões dos 68 milhões de domicílios brasileiros que tiveram acesso ao Auxílio Emergencial.

Desse total de lares contemplados, 82% possuíam renda domiciliar per capita de até R$ 832,65, ou seja, em muitos casos inferior ao valor do benefício obtido.

“O resultado mostra que o benefício criado pelo Governo Federal para que a população mais vulnerável enfrente os problemas causados pela crise compensou boa parte da perda de renda dessas famílias”, afirmou o ministro da Cidadania, Onyx Lorenzoni.

++Milhões de pessoas começam a receber 3ª parcela do Auxílio Emergencial – veja calendário

Pagamentos variam de R$ 600 a R$ 1.200

Ao todo, o Auxílio Emergencial, com valores de R$ 600 ou R$ 1.200, já chegou a mais de 64 milhões de beneficiados, num investimento de R$ 90,8 bilhões.

Segundo o estudo do IBGE, os recursos do Auxílio Emergencial por domicílio corresponderam a 44,6% do rendimento médio dos ocupados, a 77,5% do rendimento médio dos trabalhadores por conta própria e foram 21,2% superiores aos rendimentos médios dos trabalhadores domésticos. Trabalhadores autônomos e domésticos integram as categorias principais do público-alvo do Auxílio Emergencial.

++Caixa libera superlote do Auxílio Emergencial – veja quem tem direito

Pagamento da terceira parcela já começou – Calendário de depósito e saques

O calendário oficial referente a terceira parcela do Auxílio Emergencial foi divulgado pelo governo federal na noite da última quinta-feira (26/06).

Os pagamentos começaram a ser depositados neste sábado (27/06), para mais de 6 milhões de beneficiários nascidos em janeiro e fevereiro. Veja os calendários completos abaixo:

++Auxílio Emergencial: porque milhões de pessoas poderão ficar sem renda e sem auxílio?

Calendário dos depósitos na conta social da Caixa

27 de junho (sábado): para os nascidos em janeiro e fevereiro
30 de junho (terça-feira): para os nascidos em março e abril
1º de julho (quarta-feira): para os nascidos em maio e junho
02 de julho (quinta-feira): para os nascidos em julho e agosto
03 de julho (sexta-feira): para os nascidos em setembro e outubro
04 de julho (sábado): para os nascidos em novembro e dezembro

Calendário da liberação dos saques e as transferências

18 de julho (sábado): para os nascidos em janeiro
25 de julho (sábado): para os nascidos em fevereiro
1º de agosto (sábado): para os nascidos em março
08 de agosto (sábado): para os nascidos em abril
15 de agosto (sábado): para os nascidos em maio
29 de agosto (sábado): para os nascidos em junho
1º de setembro (terça-feira): para os nascidos em julho
08 de setembro (terça-feira): para os nascidos em agosto
10 de setembro (quinta-feira): para os nascidos em setembro
12 de setembro (sábado): para os nascidos em outubro
15 de setembro (terça-feira): para os nascidos em novembro
19 de setembro (sábado): para os nascidos em dezembro