5 efeitos negativos de consumir canela em excesso

5 efeitos negativos de consumir canela em excesso
5 efeitos negativos de consumir canela em excesso. © Pexels

5 efeitos negativos de consumir canela em excesso

A canela é uma especiaria que, além de dar aroma e sabor à comida, é muito usada para fins medicinais e até para ajudar na perda de peso. Seu uso em quantidades moderadas é considerado seguro. No entanto, o consumo em quantidades excessivas pode ter efeitos adversos à saúde.

Os compostos da canela têm propriedades antioxidantes, antiinflamatórias, antidiabéticas e antimicrobianas.

A canela contém cinamaldeído, um fitoquímico que pode combater vírus, reduzir o açúcar no sangue e prevenir diabetes, reduzir o colesterol e proteger contra doenças neurodegenerativas. Ele reduz a carga viral e algumas evidências indicam que pode reduzir a taxa de progressão da doença de Alzheimer, publica o jornal do Journal of Harvard Medical School.

+9 movimentos que você deve fazer diariamente para melhorar a mobilidade

Quanto é o consumo moderado da canela?

Antes de tudo, a canela recebeu o status de geralmente reconhecida como seguro (GRAS) pelo FDA. Em doses de até 6 gramas por dia para um adulto, nenhuma reação adversa significativa foi relatada. Mas, como acontece com outras especiarias, é recomendável consumir com moderação.

A ingestão diária de 1 a 3 gramas de canela tem sido suficiente para mostrar efeitos positivos e melhorar os níveis de glicose no sangue e de insulina.

Aumento da freqüência cardíaca e sedação subsequente

O consumo humano de grandes quantidades de casca de canela ou quantidades moderadas de óleo de canela aumenta a freqüência cardíaca, a motilidade intestinal, a freqüência respiratória e a transpiração por meio da estimulação química do centro vasomotor.

+Remédios caseiros para eliminar a tosse seca e evitar bronquite

O período de aceleração corporal é seguido por um período de sedação que inclui sonolência ou depressão, refere o site especializado Drogas.

Lesões na boca e fator de risco para câncer oral

O cinamaldeído pode desencadear uma reação alérgica quando consumido em grandes quantidades. Pequenas quantidades de tempero geralmente não são um problema porque a saliva impede que os produtos químicos fiquem em contato com a boca por muito tempo, explica Healthline.

Lesões da mucosa oral, comumente associadas a goma de mascar com sabor de canela e doces, também foram relatadas, e a exposição ao óleo de canela foi citada como um fator de risco para câncer oral.

+Sopa medicinal de frango e arroz para ganhar muita energia

Risco de danos ao fígado

Consumir muita cumarina (composto da canela) pode aumentar o risco de danos ao fígado.

Uma mulher desenvolveu hepatite aguda com características colestáticas após tomar suplementos de canela por 1 semana que forneciam doses mais altas do que as obtidas apenas com dieta.

A princípio existem dois tipos de canela, a do Ceilão e a da Cássia, esta última é a mais comum nos supermercados, a mais utilizada e contém mais cumarina do que o Celián.

+Como usar aloe vera (babosa) para acabar com a caspa do seu cabelo

Níveis baixos de açúcar no sangue

A canela é conhecida por sua capacidade de reduzir o açúcar no sangue. Mas, consumir grandes quantidades do tempero pode torná-lo muito baixo.

Quando o açúcar no sangue começa a cair, um hormônio sinaliza ao fígado para liberar glicose. Mas se o fígado não liberar glicose, você tem hipoglicemia, que tem como sintomas: fome, tremores, tontura, dificuldade para falar, confusão, ansiedade ou fraqueza.

Em diabéticos, ela pode potencializar os efeitos dos medicamentos para diabetes e, portanto, causar hipoglicemia.

+Aprenda como preparar uma máscara facial de óleo de coco e bicarbonato de sódio

Dano pulmonar

Comer ou inalar grandes quantidades de canela seca pode causar irritação na garganta, vômitos, risco de asfixia e causar danos permanentes aos pulmões.

Assim como os pulmões não conseguem quebrar as fibras da especiaria. Pode se acumular nos pulmões e causar inflamação pulmonar conhecida como pneumonia por aspiração.

Interação medicamentosa

A canela pode interagir com medicamentos para diabetes, doenças cardíacas e doenças hepáticas.

PODE LHE INTERESSAR