2 razões pelas quais comer rápido faz mal à saúde

2 razões pelas quais comer rápido faz mal à saúde
2 razões pelas quais comer rápido faz mal à saúde. © Shutterstock

2 razões pelas quais comer rápido faz mal à saúde

A velocidade com que comemos os alimentos influencia a resposta do corpo a eles. Embora esse seja um fator que não é levado em consideração na maioria das dietas, é importante. Por isso, apresentaremos a seguir uma série de razões pelas quais comer rápido faz mal à saúde.

Talvez em alguma ocasião você tenha ouvido que mastigar bem os alimentos melhora a digestão. O processo digestivo começa no nível oral, onde os ingredientes que consumimos são impregnados com saliva para formar o bolo alimentar.

Sorriso amarelo? Veja essas dicas naturais para clarear os dentes

A mastigação adequada permite que o alimento comece a se decompor antes de chegar ao estômago. Assim, o esforço que esse órgão deve fazer para dissociar os nutrientes é reduzido.

2 razões pelas quais comer rápido é ruim

Existem mais razões, mas hoje vamos mostrar-lhes as 2 principais, do ponto de vista nutricional, porque é que deves comer mais devagar. Se você começar esta prática agora, melhorará sua saúde geral. Anote.

1. O apetite não é suprimido de forma eficaz

A saciedade, como mostra uma revisão da Fisiologia Aplicada, Nutrição e Metabolismo, é uma condição multifatorial. É influenciada por mecanismos como a distensão do estômago.

+Cuide do seu cabelo, pele e unhas, coma alimentos com biotina

Também a glicemia é capaz de determinar a supressão do apetite. De qualquer forma, já existem receptores de glicose na boca que, se bem estimulados, podem desencadear certas reações fisiológicas saciantes.

Por isso, comer aos poucos aumenta a quantidade de glicose que pode ser absorvida na boca, gerando uma supressão progressiva do apetite. Pessoas que mastigam bem os alimentos, com calma, têm menos probabilidade de comer quantidades excessivas mais tarde, o que é útil no controle do excesso de peso.

+11 formas de usar bicarbonato de sódio para limpeza doméstica

2. O risco de desconforto gástrico é aumentado

Muitas pessoas sofrem de problemas digestivos no mundo. Na ausência de uma patologia específica que as justifique, essas situações podem ser causadas por má mastigação dos alimentos.

Comer muito rápido não permite que os produtos se desintegrem na boca, por isso tanto o estômago como o intestino têm de se esforçar mais. Isso se reflete em uma redução na velocidade digestiva, bem como em um aumento do risco de desconforto.

Por outro lado, engolir alimentos faz com que uma certa quantidade de ar seja engolida. Esta situação é prejudicial para quem já tem tendência a gerar flatulência ao nível intestinal. Além disso, a passagem de todo esse gás pelo trato digestivo é capaz de causar desconforto e dor.

+10 alimentos ricos em nutrientes e com poucas calorias

Existem várias investigações científicas que relacionam a formação de gases no intestino a desconfortos e até cólicas. Por este motivo, algumas medidas devem ser tomadas a este respeito. Uma delas pode ser cuidar da microbiota intestinal. Outro, coma mais devagar.

Comer rápido é desaprovado

Fora da nutrição, deve-se notar que comer rápido pode ser um ato de grosseria. Ao sentar à mesa, é importante manter regras básicas de conduta que melhorem as relações sociais com nossos pares.

Quando comemos acompanhados, é preciso comer com calma, caso contrário, poderíamos incomodar alguns comensais. Além de melhorar a saúde, com esse comportamento conseguimos não gerar desconforto entre as pessoas com quem dividimos a mesa.

+Super saudável! Receita de granola caseira perfeita para sua dieta

Recomendamos que você defina um número mínimo de mastigações antes de engolir cada garfada, de modo a aumentar o tempo que o alimento passa na boca. 20 vezes seria um bom número. Desta forma, consegue diminuir a velocidade com que se alimenta, melhorando a digestão e o conceito que os outros clientes têm de si.

Além disso, você pode se acostumar a beber um ou dois copos de água antes de se sentar à mesa. Com essa prática, você acalma o apetite, reduzindo aquela sensação de ansiedade que pode levá-lo a engolir alimentos.

Comer rápido faz mal à saúde: mude este hábito

Como você viu, comer rápido é prejudicial à saúde. Também no âmbito das relações sociais. Se você tem tendência a desconforto digestivo, observe o tempo que a comida passa em sua boca, enfatizando a mastigação e a salivação.

+

Caso contrário, a quantidade de gás que você engole aumentará. Isso irá condicionar o aparecimento de dor a nível intestinal, que será agravada se sofrer de algum processo de disbiose ou se consumir alimentos com capacidade de intemperismo.

Mas lembre-se da estratégia que fornecemos a você. Então, para comer mais devagar, conte o número de mastigações antes de engolir os alimentos. Assim, defina um número mínimo e concentre-se em cumprir essa meta.

Por fim, destacaremos que uma boa mastigação pode melhorar a assimilação e absorção de certos nutrientes. A digestão começa na boca; se você pular esta etapa, o corpo sofrerá.

PODE LHE INTERESSAR